10 dicas para viajar mais
Giro pelo mundo,  Sonhos e devaneios,  Viagens

31 coisas que você deveria fazer aos 31

Hoje, completo 31 anos de vida. E por mais que eu insista comicamente em convencer meu marido que eu tenho a aparência de 20 e poucos, eu não me envergonho de estar dando mais um passo embaixo da porteira dos 30s. A vida, por mais complicada, dramática e bagunçada que possa ser, sempre vai valer a pena. E é maravilhoso poder comemorar mais um ano de vida!

Ao contrário do que muitos possam pensar, a minha vida não é um mar de rosas. Eu não tenho uma vida dos sonhos. E tenho problemas para dar e vender, assim como todos os humanos que eu conheço. De saúde, de grana, de trabalho, de frustação, de relacionamento, de família. Ixi, e 2015 foi e está sendo um ano de muitos desafios (talvez os maiores dos últimos 10 anos….!). Ficou surpreso? Achou que eu só vivia de sombra e água fresca, nas praias gregas?

Pois é, não é nada disso. Mas ainda assim, me considero uma abençoada por estar vivendo cada momento do presente e uma sortuda por cada momento do passado. Mesmo os muuuuito ruins, mesmo os desesperadores. Em conversa com minha mãe, percebi que minha vida sempre foi intensa e complicada e que os tombos foram muitos e bem feios, mas que eu sobrevivi. Então, sobreviverei de novo. E sairei mais forte lá do outro lado do túnel.

E claro, o dia é de celebrações e não de lamentos. Por mais confuso que possa ser o momento, já consigo ver luzes na estrada e algumas sensações animadoras começam a me contaminar, as pessoas certas voltaram a aparecer, a energia boa me encontrou de novo. E quando a zica começa a se despedir, é a melhor hora de colocar ordem na casa e fazer aquele balanço final de quase final de ano. Quem vem junto?

Apresento abaixo a lista das 31 coisas que a gente deveria fazer aos 31! 😉 E se você ainda não leu o post do ano passado, aproveite para conferir as 30 coisas que você deveria saber aos 30. No ano passado, eu aprendi vários coisas novas e neste ano decidi colocar em prática. E adivinha? Na prática é tudo mais complicado, intenso e divertido também….vamos aos resultados?

1.Continuar errando. Errar faz parte do processo natural da vida, é sinal de que você está vivo e que está tentando fazer alguma coisa diferente. E ninguém ainda me convenceu que existe outra maneira de aprender o que realmente vale a pena.

2.Continuar arriscando. Porque existe uma sabedoria inata e inquestionável na frase que eu ouvi a minha infância inteira “quem não tenta não faz” e a irmã dela “quem não arrisca, não petisca”.

3.Continuar sonhando. A vida pode ser, em muitos momentos, um tédio. E pior ainda, um pesadelo. Manter um sonho nos mantêm humanos e positivos.

4. Continuar tentando acertar. Tentar, errar, cair, levantar….tudo isso para que um dia a gente possa olhar pra trás e dizer: “Agora acertei!” (será que este dia chega…?)

5. Continuar aprendendo. Estar aberto as experiências, sejam elas boas ou ruins, é uma das melhores maneiras de passar pela vida. E se ainda não acertou, pelo menos aprenda as mil maneiras de não fazer alguma coisa 😉

6.Conhecer pessoas novas. Elas vêm para te ensinar a ter paciência, a respeitar as diferenças, a ter cuidado, a amar o outro, a entender o problema alheio. A se ver no espelho. E essencialmente, a parte mais legal de conviver com pessoas é aprender a amar!

7. Conhecer a pessoa certa. Ufa, isso já dá um grande alívio. Ter uma pessoa para passear de balão quando o dia estiver bonito e para fechar as janelas da casa quando a tempestade chegar faz muuuuita diferença na vida.

8. Desviar das erradas. Entra ano, sai ano, sempre temos em mente uma lista de pessoas que nos tiram do sério, que nos prejudicam, que nos perturbam. E é preciso sair de perto delas #simplesassim

9. Controlar a ansiedade. Porque um grande amigo meu sempre me disse que preocupar antes, é preocupar duas vezes.

10. Focar energia no que vale a pena. Já percebeu que quando focamos energia em algo aquilo acontece? Realiza? Se multiplica? Seja para o bem ou para o mal, você atrai as situações e pessoas para a sua vida. Então, corrija a rota e foque no que você quer e não o contrário!

11. Separar a luz das sombras. Fato que existe luz e sombra e elas quase sempre andam lado a lado. A parte boa disso é saber que se você está na sombra é preciso caminhar apenas alguns passos para conseguir ver a luz. E isso vale para toda e qualquer situação da vida #senhoraotimista 🙂

12. Separar o real do imaginário. Este foi o desafio do ano para a pessoa aqui que ficou escrevendo sobre personagens que viveram inúmeras situações baseadas em fatos reais da vida…aff….Mas é preciso acordar para a realidade, sempre!

13. Separar o hoje do ontem. Desafio número 2. Gigante e difícil para mim e para a torcida do Flamengo e do Corinthias (juntas!). Ainda não tenho tantas dicas a respeito, mas sei que para ser pelo menos “um cadim” feliz é preciso fazê-lo.

14. Enxergar o sonho no amanhã. Porque sem um objetivo final, nem dá vontade de sair da cama!

15. Enxergar a felicidade no hoje. A vida é bem mais leve quando a gente é feliz. E as vezes para deixar a felicidade entrar pela porta da frente, é preciso apenas um sorriso.

16. Exercer o perdão no ontem. Para seguir em frente, é preciso perdoar os outros, as situações trash, é necessário perdoar Deus!! E perdoar a si mesmo está incluído aqui, ok?

17. Praticar o amor à vida. Mesmo se a vida estiver tumultuada, encontre algo de maravilhoso nela para amar!

18. Praticar o bem mesmo na tempestade. Li em alguma parte de um livro que falava do Alcorão que quando a tempestade está muito forte lá fora, o melhor a fazer é fechar a casa, as janelas, reunir a família e elevar a alma. Bora tentar fazer isso ao invés de ficar no vento dos relâmpagos enraivecidos pedindo para Deus “manda mais, manda mais!” (Quem aí lembra do Tenente Dan do Forrest Gump?)

19. Acreditar no seu trabalho, mesmo que ele não renda tantos $$$ como você queria. Mesmo porque, tudo na vida é uma questão de timing e esforço 😉

20. Acreditar na intuição. E na força que temos aqui dentro. Não sabe o que fazer? Vá para seu quarto e pergunte a si mesmo.

21. Acreditar nas pessoas. Porque eu ainda acho que tudo mundo é inocente até que se prove o contrário…e se você acreditar no oposto extremo, nunca vai ter paz na vida.

22. Descobrir o poder da mente. E entender o peso gravitacional de cada pensamento, pois o poder da atração não é papo de esoterismo e todo mundo já sabe disso. Pratique!

23. Descobrir a paz da meditação. Esta eu tenho que me esforçar mais, mas vou tentando…

24. Descobrir o poder da fé. Daquela fé inabalável, daquela fé que é cheia de paciência e esperança de dias melhores.

25. Aproveitar a família. Como você já percebeu, estamos todos ficando mais velhos e o tic tac do relógio não pára! Quem sabe quantos dias teremos pela frente..ou nossos pais…? Ou nossos irmãos….? Ou aquele primo que eu sou brigado? Então, desfaça as brigas porque o amanhã é incerto.

26. Reavaliar os estragos feito até aqui. Ano bom, ano ruim, não interessa. É hora de pensar em tudo que foi feito e entender que as vezes é preciso reagrupar as forças antes de dar o próximo passo.

27. Guardar o que interessa. E o resto: LIXO!

28. Revisar as lições aprendidas. Para tentar aprender de verdade com os erros e não ficar repetindo de ano….

29. Respirar fundo. Ar entra, ar sai….

30. Agradecer. 🙂

31. Seguir em frente  !!!!!!!!!!!!!

Porque ano que vem, sem dúvida nenhuma, tem muito mais 😉 O aniversário é meu sim 😉 Mas desejo tudo de melhor em dobro para todos vocês!!!! BJss

Lulu

Ei gente, aqui é a Lulu. Sou de família grega e italiana e morei em Santorini. Em 2014, tive o prazer de me casar na ilha de Santorini, lugar mais lindo do mundo! Moro em Amsterdam e viajo todo verão para a Grécia, para realizar o sonho de quem quer casar em Santorini. Pergunte que quiser. 😉

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *