Conheça Creta através das lentes de um Fotógrafo de Casamentos da Grécia!

Não é difícil ficar impressionada com os belos cenários da maravilhosa ilha de Creta, na Grécia. E é claro que mesmo com nossos smartphones conseguimos capturar algumas imagens lindas que vão para os albuns das mídias sociais, né gente?! Mas todo mundo sabe que faz toda a diferença ter um fotógrafo excelente do outro lado da câmera, certo?! E se ele for um fotógrafo de Casamento na Grécia, super experiente e conhecedor dos locais mais lindos de Creta? Aí é alegria na certa!

Este ano tive a oportunidade de fazer um ensaio com o fotógrafo que faz Casamento por toda a Grécia, Ben Rigas  – vocês sabem que eu não sou nem de longe modelo mas que eu amoooo fotos! E foi na ilha de Creta que fiz um dos ensaios que mais gostei – em Rethymno, conhecem?! Ah, e confira também o imperdível ensaio pelo Monastério de Arkadi aqui!

 Rethymno??????? Isso, uma belíssima cidade em Creta

A cidade de Rethymno, em Creta tem aproximadamente 40 mil pessoas e foi primeiramente construída no período minóico. Eu achei Rethymno bem interessante, e amei a região do portinho veneziano (segurem a curiosidade porque vou mostrar nas fotos). Fiquei hospedada em Rethymno no último verão por apenas poucos dias mas deu pra sentir que lá é o local ideal para você que curte arte e história e ainda assim quer ter uma atmosfera tranquila de “vila grega”.

E o que tem para se fazer em Rethymno?

Caminhar pelo porto veneziano, escolher uma das muitas cafeterias para ver o entardecer, andar até o farol para tirar fotos belíssimas e relaxar com um jantar na beira da praia é uma boa pedida para quem quer curtir um dia em Rethymno. São inúmeras opções para conhecer a parte histórica e ainda tem muitas praias lindas bem próximas da cidade (aquelas que a gente pira quando vê as fotos – vai ter post sobre isso). Uma coisa que chamou muito minha atenção foi a culinária da região de Rethymno – eu simplesmente amei e comi bem demais nos dias que estava lá! Outra coisa foi o Raki com mel – 🙂 !

E cadê as fotos de Creta, Lulu?!?!

Como são muitas fotos lindas do ensaio que fiz em Creta, com o fotógrafo de Casamento na Grécia, Ben Rigas, separei algumas que tem como cenário a belíssima cidade de Rethymno. Gente, faz muita diferença ter alguém que conhece bem o local e sabe exatamente onde você tem que ir e só cabe a você fazer um “smiiiiiiiile“. Não foi tão difícil tentar “sair bem” nas fotos, o ensaio foi natural, descontraído e divertido.

Espero que vocês curtam as fotos, que elas te inspirem para conhecer Creta e claro, quem quiser saber mais sobre o trabalho do Ben Rigas, acessa a page dele aqui – tem muita coisa linda por lá!

Prometo que ainda tem muita postagem sobre a ilha de Creta 😉 Fiquem ligados! Mil beijos!

fotografo-para-casamento-na-grecia-creta-4
Eu, em Creta, clicada pelo Fotógrafo de Casamento na Grécia Ben Rigas
fotografo-para-casamento-na-grecia-creta-4
Eu, em Creta, clicada pelo Fotógrafo de Casamento na Grécia Ben Rigas
fotografo-para-casamento-na-grecia-creta-4
Eu, em Creta, clicada pelo Fotógrafo de Casamento na Grécia Ben Rigas
fotografo-para-casamento-na-grecia-creta-4
Eu, em Creta, clicada pelo Fotógrafo de Casamento na Grécia Ben Rigas
fotografo-para-casamento-na-grecia-creta-4
Eu, em Creta, clicada pelo Fotógrafo de Casamento na Grécia Ben Rigas
fotografo-para-casamento-na-grecia-creta-4
Eu, em Creta, clicada pelo Fotógrafo de Casamento na Grécia Ben Rigas
fotografo-para-casamento-na-grecia-creta-4
Eu, em Creta, clicada pelo Fotógrafo de Casamento na Grécia Ben Rigas
fotografo-para-casamento-na-grecia-creta-4
Eu, em Creta, clicada pelo Fotógrafo de Casamento na Grécia Ben Rigas
fotografo-para-casamento-na-grecia-creta-4
Eu, em Creta, clicada pelo Fotógrafo de Casamento na Grécia Ben Rigas

Como são as Praias de Santorini, na Grécia?

Queridos leitores,

Vocês sabem que eu sou de família grega, morei em Santorini e casei em Santorini 😉 Frequento a ilha de Santorini há 10 anos! UHu 😉 Então recebo muitas perguntas sobre as Praias de Santorini, principalmente dos leitores queridos que querem ir para a Grécia.

Os viajantes que pensam em ir para a Grécia pela primeira vez sempre querem conhecer Atenas, Mykonos e Santorini, certo? E já conversamos aqui bastante sobre as vantagens e desvantagens de fazer a viagem para a Grécia baseada nesse trio famoso 😉 Se você ainda não sabe se Mykonos é “a sua praia”, dá um corridinha no post Ilha de Mykonos, vou ou não vou?. E se você ainda não está convencido sobre a necessidade de uma viagem para a Grécia, clique aqui para ver muitos posts sobre viagem para a Grécia!

Bom, agora vamos falar das dicas e informações sobre as praias de Santorini. Fiz este post com muito carinho, respondendo as perguntas que vocês me mandam sobre as praias de Santorini 💙 “Lulu, tem estrutura nas praias? Que eu levo na bolsa? Quanto custa? Onde ir, onde comer, só tenho 3 dias…..” e por aí vai….!💗 então, papel e caneta na mão 🇬🇷 Todas as melhores dicas sobre as Praias de Santorini! Onde ir, o que levar, quanto custa e mais 😍💙💗🇬🇷💖💟 Espero que vocês aproveitem as dicas de Santorini! 

Organizei o post com 10 dicas  sobre as praias de Santorini e depois tem o vídeo completo, ok?

  1. Não espere areias brancas e praias tradicionais brasileiras como Bahia e etc 🙂 Também não tente comparar Santorini com Mykonos, Milos, Ios, Zakynthos e outras praias gregas pois Santorini é um vulcão e suas praias são pedras pequenas e lava. Super diferentes mas igualmente maravilhosas 😉
  2. Entenda que a caldeira é aquela parte da meia-lua que fica de frente para o vulcão e lá tem mar mas não tem praia. Ou seja, as famosas vilas de Fira e Oia (Ía) não tem praia!
  3. As melhores praias de Santorini ficam no sul da ilha e no lugar de areias temos pedras! De várias cores 😉 Mas em alguns pontos as pedras são tão pequenas que são “quase estilo areia”, vai….Algumas praias são ligadas por barquinhos 😉

    Dicas praias de Santorini
    Praias de Santorini, Grécia
  4. As praias que você precisa conhecer podem ser divididas em 3 grupos: as negras, as brancas e a vermelha. Vamos lá:

    Dicas praias de Santorini Grécia
    Praias de Santorini, Grécia
  5. Praias de Areias Negras 🙂  Temos  como as principais praias de Santorini as praias de Perissa, Perivolos e Kamari. Minha sugestão: Perisssaaaaaaaaa – é a que eu mais gosto 🙂 descubra por que no meu vídeo Dicas sobre as Praias de Santorini . Mas apesar do meu bairrismo, todas as três praias citadas são excelentes e tem uma ótima estrutura: restaurantes, hotéis, tavernas e lojas de souvenirs. Se você procura beach bars, vá para Perissa ou Perivolos.

    Dicas praias de Santorini Grécia
    Praia de Kamari, Santorini
  6. Praias Brancas, e aí começa uma boa polêmica. Cada nativo e cada marketeiro vai colocar o nome de tal praia de “branca” mas a verdade é que tudo que não é praia negra como Perisssa, é meio branca e elas estão localizadas em algumas partes da ilha. Um excelente exemplo de praia branca é a Praia Eros, do beach bar Theros, que tem uma excelente infra e é um local maravilhoso para passar o dia em Santorini. Outra sugestão é a praia de Vlyxada ou do Limanaki.

    Dicas praias de Santorini Praia Vermelha
    Vlyxada, Praias de Santorini, Grécia
  7. A famosa Red Beach, a Praia Vermelha de Santorini é um dos meus locais favoritos no mundo. Mas eu sou uma pessoa estranha e não vá até lá com enormes expectativas de passar o dia na Praia Vermelha, e do vermelho ser cor de vermelho sangue, tá? A Praia Vermelha é uma perfeita amostra do que é Santorini: selvagem, instável e maravilhosamente bela. As fotos não conseguem, nem de longe, tramsitir a atmosfera do local. Dica: vá de manhã, bem cedo, ou no final do tarde, apenas para ver o local e tirar algumas fotos. Evite o meio dia e os ônibus lotados de turistas chineses #nadacontra

    Dicas praias de Santorini Praia Vermelha
    Praia Vermelha, Santorini, Grécia
  8. Outras praias em Santorini que valem uma visita: a praia da caldeira ou Caldera Beach, para uma visita tranquila, para um café frappé gostoso ou para um mergulho. E a Praia de Monolithos, para comer no restaurante que eu amo – Mario’s .

    Dicas praias de Santorini Grécia
    Caldera Beach, ilha de Santorini, Grécia
  9. Não deixe de conhecer os beach bares tops de Santorini: Demilmar, em Perissa, JOJO e Chili em Perivolos, Theros em Vlyxada. Comida boa, música excelente e muita animação na alta temporada!
  10.  E digo mais, se você vai fazer a viagem para a Grécia na alta temporada, pense em ficar hospedado em Perissa 😉 onde tem um centrinho com lojas, restaurantes, e tudo que você precisa e o melhor, tem alquela praia maravilhosa 24 horas por dia! Ah, e os preços são muito mais atrativos do que os hotéis da famosa Fira e Oia. Eu, todo ano, fico hospedada em Perissa!

Aqui posto para vocês o meu vídeo do Youtube com Dicas sobre as Praias de Santorini, Grécia! Tem muitas outras informações sobre a minha ilha favroita nesse mundo, Santorini 🙂 Espero que vocês curtam o post e o vídeo e que possa inspirar muitas viagens para a Grécia! Mil beijos!

Dicas de Creta, Grécia: Monastério de Arkadi

Queridos leitores,

Hoje vou falar para vocês um pouquinho da minha visita no Monastério de Arkadi, que fica próximo a cidade de Rethymno, em Creta.

E só para citar uma coisa muito interessante que aprendi é que Monastério é uma palavra que vem do grego (é claro!) Monasterion, que quer dizer “lugar de viver sozinho” – já que monos é sozinho. Muito legal, né?! Para quem vai visitar a região e quer uma informação mais específica, o Arkadi fica no lado oeste da grande ilha grega de Creta, a 23 quilômetros de Rethymno.

Uma pequena introdução sobre Creta

para quem caiu de paraquedas no blog:

Minha viagem até Creta, na Grécia foi maravilhosa e muito inspiradora e agora começo a compartilhar com vocês tudo que aprendi. Me deparei com muitas dúvidas quando estava progamando a viagem, afinal Creta é uma ilha enorme,  e com uma lista infindável de coisas legais para fazer. Para quem curte praia, em Creta tem várias lindas, selvagens e supreendentes e outras tantas com estrutura moderna e resorts enormes. Para quem curte história e cultura, Creta oferece uma lista de passeios, museus, e monumentos históricos que emocionam por sua riqueza cultural e relevância na história da Grécia.

Tenho muito a dizer sobre aquele canto da Grécia porque o povo de Creta me conquistou por inteiro!

E vocês sabem que eu falo demais – 😉  – então podem aguardar que vai ter post de tudo que é assunto, dicas e informações sobre viagem para Creta, na Grécia. Se você quer ver um apanhado geral vai direto no meu vídeo do Youtube O que fazer em Creta, clicando aqui.

Agora, sobre o Monastério de Arkadi – eu achei o local lindo – lindo mesmo!

Cheguei lá sem esperar nada (talvez esse seja o segredo da vida, né? expectativa zero ;)) e me impressionei quando vi quantos ônibus de turismo estavam estacionados. What? Só eu que não sabia que este lugar mágico existia? Por que os brasileiros não falam desse lugar? Como podemos vir até Creta e perder uma visita nesse lugar tão especial?

Então, como eu descobri sobre o Monastério de Arkadi, em Creta?

Vocês já sabem que eu trabalho com Casamento em Santorini (Lulu, resume, vai..!) e por isso conheço muitos profissionais gregos nativos e eles se tornam amigos, sempre me dão dicas, informações novas e é um grande prazer conviver com eles e suas famílias. Estava em Creta conhecendo a ilha e tive a sorte de fazer um ensaio fotográfico com o excelente fotógrafo Ben Rigas lá no Monastério de Arkadi, acreditam?

E é isso que apresento para vocês agora: imagens maravilhosas de um dos meus ensaios em Creta, e e fotos belíssimas do Monastério de Arkadi. Abaixo, também dou algumas informações super interessantes sobre o local e alma forte do cretense 😉

O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta
O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta

O que vemos no Monastério de Arkadi?

Uma combinação de construções com estilo veneziano, renascentista, porque Creta foi por algum tempo parte da República de Veneza. É um monastério ortodoxo, um templo para estudo de ciência e arte, mas mesmo e apesar das muralhas e do Monastério parecer uma fortaleza, ele foi conquistado, destruído e reconstruído várias vezes, a cada invasão e dominação (vocês sabem que esta região viveu momentos turbulentos pesados, né?).

A informação que mais me chamou atenção é que o Monastério de Arkadi é atualmente um santuário nacional em honra da resistência cretense, pois foi um dos pontos mais relevantes de resistência contra a ocupação otomana. Diz a lenda, que cretenses se refugiaram no local (a maioria eram mulheres, crianças mas havia resistentes também) mas depois de três dias de combate (os otomanos estavam em número bem maior), os cretenses explodiram os barris de pólvora e todos os ocupantes morreram. Eles preferiram o sacrífico ao invés da redenção.

Isso não resolveu o conflito, mas chamou a atenção do mundo para a coragem e a bravura do povo de Creta, que lutava desteminadamente – até o fim – em nome de sua independência. Isso faz a gente pensar, né?! E se você viu ou leu a obra mundialmente conhecida como “Zorba”, deve se lembrar que uma das características mais marcantes do personagem Zorba era o espírito livre. “Vou trabalhar para você, mas no meu tempo livre, eu sou o meu chefe, Zorba fala logo no começo de sua história.

Finalmente, queria deixar uma pequena passagem para meus amigos gregos

Eu sei que eles leem o blog traduzido pelo Google 😉 O que mais me admira no grego e o que mais me deixa orgulhosa de ser metade grega é a sua lealdade – seja pela palavra dita, pela relação aceita, pela honra de ser quem é, pela família que o criou, pela vila que o recebeu, por Deus, que lhe deu a vida. A lealdade dos gregos é – na minha opinião – a característica mais marcante e ela está presente em cada cantinho de história na Grécia. Creta, um lugar que eu aprendi a amar tanto quanto minha querida Santorini, mostra isso o tempo todo, em cada esquina, em cada olhar. Os gregos são leais, mesmo que leais ao que eles acreditam, ao que entendem da vida. Podem estar em desacordo com o resto do mundo, mas estão de acordo com aquilo que são. São leais a sua essência. E isso não é admirável? 

Bom, desejo a todos um excelente final de semana – planejando viagens, ou descansando, ou lendo um bom livro 🙂 Um que seja cheio de cultura, história, bravura, paixão, amor pela Grécia e alegria! 😉 Bravo Ellada, mais uma vez a Grécia me deixa orgulhosa!

Abaixo mais algumas fotos de Ben Rigas 🙂 Beijos, amigos!

O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta
O que fazer em Creta Grécia
Monastério Arkadi, Creta!
Dicas de Creta
Lulu em Creta, Monastério de Arkadi

Dicas sobre Creta, Grécia: Chaniá!

Queridos leitores,

minha viagem até Creta, na Grécia foi maravilhosa e muito inspiradora.

Mas me deparei com muitas dúvidas quando estava progamando a viagem, afinal Creta é uma ilha enorme,  e com uma lista infindável de coisas legais para fazer. Então, comecei a me perguntar: Para onde vou? Onde vou ficar? O que vou conseguir fazer em sete dias?

Concluí, logo no começo, que não iria conseguir fazer tanta coisa em sete dias.

Pensa bem, em sete dias você conhece muito bem a maioria das ilhas gregas, mas CRETA é CRETA! E não há nada igual ou parecido em toda a Grécia 😉 Então, vale a pena deixar a ambição de conhecer TUDO de lado, e aceitar a opção de conhecer algo BEM, certo? E foi com este intuito que concentrei minha viagem no lado oeste de Creta – e minhas cidades de apoio foram Rethymno e Chaniá. Também conheci Heraklion e Agios Nikolaos, mas falaremos disso em outro post 😉

Muito importante: Creta é barata,

E você consegue maravilhas em um custo benefício interessante. Eu estou muito acostumada aos preços de Santorini mas em Creta é tudo beeeem mais em conta. No meu vídeo O que fazer em Creta, eu conto que um club sandwich é 5 euros, um bom jantar 10 -12 euros, um bom hotel 3*** tem uma diária em torno de 60 euros (preços de outubro de 2016). E ainda dou várias dicas o que fazer, onde ficar, como chegar e quando ir para Creta!

Mais importante ainda: Creta é enorme, e localização é tudo! Ou seja, muita hospedagem barata está, na verdade, bem no meio do nada. 

Na região de Chaniá, existe uma infinidade de resorts e hotéis lindos estranhamente baratos, mas só vale a pena de pegar uma barganha dessas se você vai ficar vários dias na ilha e de carro – é claro!

Então, se você está com tempo e verba limitados, minha dica sobre Creta é: fique no porto veneziano de Chaniá.

Dicas de Creta Chaniá
Porto de Chaniá

Neste porto super charmoso você encontra inúmeros restaurantes, cafeterias, lojinhas de souvenirs e agências de turismo. Então, é só deixar a mala no quarto e curtir a paisagem linda do porto de Chaniá. Por ali, dá para visitar museus, descobrir lojas bem cretenses, é uma região que você não tem que preocupar com absolutamente nada. Fazer tudo a pé, comer bem e gastar pouco e ainda comprar um Rakomelo (raki com mel – amo!) de lembrança para um parente querido.

Dicas de Creta Chaniá
Porto de Chaniá, Creta
Dicas de Creta Chaniá
Porto de Chaniá, Creta
Dicas de Creta Chaniá
Porto de Chaniá, Creta

E para quem tem tempo e quer curtir as praias da região de Chaniásegunda dica: conheça as praias da região de Chaniá pois elas são imperdíveis!

Nada melhor do que estar ali perto do porto veneziano, pois a rodoviária está super perto, tipo 10 minutos a pé. Se você quer comprar o passeio em agências, existem várias opções de tours de barco e ônibus saindo do centrinho. E se você quiser alugar um carro, mais fácil ainda! Os preços variam, mas só para vocês terem noção: a diário do carro era 35 euros, a passagem de ônibus para a praia de Elafonissi era 12 euros e os tours para algumas praias eram em torno de 20 euros.

Sobre as praias…ah, o que dizer? Elas são maravilhosas!

Não tive tempo suficiente para explorar todas que  queria e já marquei de voltar para Chaniá em 2017 e na próxima viagem ficarei 10 dias apenas lá! 😉 Conheci Elafonissi e me pareceu um super caribe grego, com mar lindo e calmo e claro, com uma atmosfera cretense inconfudível. Espreguiçadeiras para alugar, um fournos (padaria) para matar a fome e muito espaço vazio selvagem e maravilhoso para os animados explorarem. Eu simplesmente me apaixonei por Elafonissi.

Dicas de Creta praias de Chaniá
Praia de Elafonissi, Creta
Dicas de Creta praias Chaniá
Praia de Elafonissi, Creta
Dicas de Chaniá, Creta
Elafonissi, Creta

Para quem tem tempo: visite também Falasarna, Balos, Frangocastello e Seitan Limani.

Ah, e quero fazer uma sugestão especial sobre a região de Akrotiri, em Creta, próximo de Chaniá 😉 É nessa região bela que se encontra a praia do Stavros, a famosa praia do Zorba! Isso mesmo, a praia onde foi filmado partes do filme Zorba, o Grego e claro, onde o Antony Queen (nosso querido Zorba!) dançou o Sirtaki mais famoso do mundo! Para contar mais sobre a praia do Stavrós, prometo que farei outro post!

Dicas de Chaniá, Creta Stavros, praia do Zorba
Praia do Stavros, Chaniá, Creta
Dicas de Chaniá, Creta Stavros, praia do Zorba
Praia do Stavros 🙂 praia do Zorba

E sobre a comida sensacional de Creta?

Também não tenho palavras para descrever, já que amo a comida grega e a culinária de todo o mediterrâneo. Amei todos os pratos, experimentei tudo que podia e um dos meus novos favoritos é a salada cretense com um pão e tomate (…tentando lembrar o nome…). Ah, e adorei as variações do raki (com mel, com rosas)

Como não quero cansar vocês, fiz este post com informações mais breves – mas se você quer saber mais sobre onde ficar em Creta, Elafonossi, Praia do Stavros, e dicas sobre Creta, clique aqui!

 

 

 

Como planejar uma viagem para a Islândia

Queridos leitores,

Vocês devem imaginar que não é tão simples organizar uma viagem para a Islândia. São muitas variáveis importantes que temos de levar em consideração e tem ainda a louca instabilidade climática que faz chover, nevar, ter aurora boreal e arco íris no mesmo dia.

Mas isso é bom, certo? Nada como uma viagem beeeeeeem diferente para tirar a gente da rotina! Confesso que não achei tanto material bacana para pesquisar em português e por isso na volta da minha viagem vou fazer um super guia e postar aqui no blog! Com as dicas de ouro e as ciladas para evitar 😉

Então, o planejamento começa com: quando ir? Depende do que você quer fazer na Islândia. Quem quer rodar o país todo, ter mais opções de passeio e clima ameno deve escolher o verão. Quem quer ver a aurora boreal e enfrentar as aventuras para conseguir ver o que só aparece em temperaturas extremamente baixas, deve ir no inverno. Nós escolhemos “o clima meio termo” (not really, super frio) de março, que é a última chance de presenciar a aurora boreal! Mas falaremos disso mais adiante (na torcida para a gente ver!)!

Se você está planejando uma viagem para a Islândia e já escolheu a época do ano, aí vai outra dica valiosa: use e abuse da web para pesquisar porque nas livrarias não tem quase nada sobre a Islândia. Eu sou do tipo old school que gosta de estudar a história do país e ainda comprar guias visuais com fotos, mas não achei quase nada sobre a Islândia. Só consegui o guia em inglês da Escandinávia do Lonely Planet de uma amigona e foi o que ajudou um bocado. Ah, também tem um capítulo bem legal sobre Islândia no livro “Colapso”, e falo mais sobre ele neste post: A Islândia que vive dentro de mim.

Aí é hora de deitar e rolar no muito virtual, pesquisar bastante em inglês em fóruns (principalmente no Trip Advisor) para ver o  que o pessoal que já foi está compartilhando. Ainda acho válido fazer uma busca incansável no YouTube para ver vídeos dos passeios por lá e observar o que usar na friaca (faça a busca em inglês  – Iceland – e verá muitas opções). Aproveite a eficiência do Instagram e procure perfis para seguir e acompanhar (adorei o @extremeiceland e o @icelandtravel mas tem muitos outros, basta pesquisar “Iceland”).

Outra coisa importante na hora de planejar uma viagem até a Islândia é entender que você precisa de um carro forte, de preferência 4×4, para ter certeza que vai conseguir chegar nos lugares que planejou. É claro que se você for no verão e não for fazer nada fora da estrada principal, Ring Road, um carro “normal” deve te atender. É melhor perguntar na hora que for alugar o carro, pois em algumas épocas do ano as estradas ficam cobertas de neve e algumas áreas são de difícil acesso.

E a mala? Não faz ideia do que levar para a mala da Islândia? Pois é, eu também não fazia! Pesquisei bastante e fiz uma lista com 10 itens importantes para levar na mala para a IslândiaSe você é brasileiro ou mora no Brasil, dá uma olhada no meu post  e no meu vídeo pois acredito que você não deve ter todas as peças no armário. Lojas como Decathlon e North Face vão te ajudar na missão 🙂

E aí é começar a pensar em um roteiro bacana. Tem tempo e disposição de rodar o país todo? Quer fazer só o sul do país? Quer ver o passeio de baleias ou explorar as lagoas glaciais? Confesso que não foi super fácil fazer o roteiro pela Islândia. Eu, meu marido e minha cunhada pesquisamos muito sobre o local e meu irmão que é geólogo estudou bastante a região e deu uma up na nossa rota. E na reta final, pedi para meus amigos islandeses conferirem nosso roteiro e ainda ajustamos com algumas dicas dos nativos. Enfim, estamos prontos!

Bem, é isso. Estaremos na Islândia a partir dessa semana e quero te convidar para acompanhar nossa jornada pelo país do gelo em tempo real aqui no meu blog, no meu Instagram e no meu face. Vem comigo pela Islândia! Grande beijo, leitores!

Islândia
Islândia, imagem do Pixabay

 

 

Diário de bordo, em tempo real!

Queridos leitores,

estaremos na estrada compartilhando nossos melhores momentos com vocês, em tempo real! Assim que vocês verem que tem uma postagem com o título Diário de Bordo, corram para o blog, o Facebook ou o Instagram para conferir o que está rolando 🙂

Passaremos alguns dias em Amsterdã, depois estaremos na Islândia e ainda vai rolar uma viagem pelos vinhedos da França de Motorhome. Oh Yeah! Nos acompanhe e venha comigo nessa aventura! 🙂 BJs

Meu instagram

10 itens importantes para levar na mala para a Islândia (ou qualquer outro destino gelado)!

Queridos leitores,

UHU, último post antes da minha viagem para a Islândia! Em resposta aos pedidos fofos dos meus leitores que querem ver o que eu estou levando na minha mala para a Islândia, vai aí a lista com os 10 itens importantes para a sua mala! Então, se o destino for friaca total, gelo, temperaturas abaixo de zero, vento e neve, papel e caneta na mão!

Para quem quer ouvir a lista dos itens, ver o que estou levando na mala e mais meus comentários, acessa direto meu vídeo por aqui.

Então vai aí a minha lista com os 10 itens importantes para a sua mala da Islândia:

1)Casaco mega cabuloso e quente 3 em 1: Térmico, corta vento e impermeável 🙂

2)Blusas de lã, aquelas bem quentinhas para colocar em baixo do casacão

3)Meias de lã, para esquentar os pezinhos friorentos

4)Gorro de lã, bem quentinho e tapa orelhas para quem quiser

5)Blusa primeira (segunda) pele, aquelas finas que são boas para colocar embaixo da roupa

6)Calça térmica (e se conseguir achar, leva uma impermeável também)

7)Polainas do estilo aula de jazz para esquentar as pernas

8) Gola de lã ou cachecol super quentinho

9)Bota para neve, que é impermeável e térmica

10) Luvas térmicas touch screen, para acessar o smartphone e tirar fotos sem tem que tirar a luva!

Item extra para a Islândia: Biquíni e roupa de banho, para poder aproveitar toda e qualquer piscina natural  – que chega até 38 graus – espalhadas pela Islândia!

Para conferir meu sotaque de Minas zuado, ver as peças que eu estou levando na minha mala e ainda conferir meus comentários nem sempre produtivos mas seeeeeempre bem humorados, acesse o vídeo. Bjocas!

 

 

Próxima grande viagem: Islândia!

Já não consigo me segurar de animação!

Em pouco mais de 6 dias (quem tá contando? kkkk)  estarei a caminho da nossa grande viagem de 2016! E vai ser grande mesmo, ficarei 1 mês fora, leitores, mas prometo conteúdo inédito e super super super top toda semana! 🙂

Sairemos de São Paulo e depois de um caminho longo (avião + táxi +trem +táxi +avião – com uma paradinha sensacional em Amsterdã ) chegaremos na Islândiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

E para entrar no clima, posto este vídeo massa que achei aqui, de promo da Islândia. A menina do começo é tipo**literalmente** euzinha aqui, quase chorando de emoção só de pisar naquela terrinha fervilhante!

BJs e ótima semana, leitores!

10 hotéis bons e baratos em Santorini!

Ei leitores queridos, apaixonados pela Grécia!

Tudo bem com vocês?! Espero que sim!

Como estamos ajudando várias noivas brasileiras que querem fazer um Casamento em Santorini, na Grécia, a bagagem de boas e novas informações está bombando!

Hoje compartilho com vocês uma listinha prática e rápida com informações básicas sobre 10 hotéis bons e baratos em Santorini que nós escolhemos a dedo para sugerir para todos que querem participar de um Casamento em Santorini ou mesmo viajar pelas ilhas gregas e fazer aquela parada especial na ilha de Santorini, a mais linda de todas!

Vocês sabem que eu conheço vários donos de hotéis porque já morei na ilha e no nosso Casamento em Santorini levamos mais de 120 pessoas pra Grécia! E foi uma loucura achar hospedagem pra todo mundo 🙂 Anyway, a situação é que os preços deram uma subidinha e os hotéis dos meus “chegados” nativos estão passando de 300 euros a diária (eu sei, facadinha, porque o euro tá gritando!). Então para ajudar as noivas, eu e mama (que bomba info da Grécia no site www.roteirogrecia.com) acionamos nossos agentes gregos e fizemos uma lista nova de hotéis bons e baratos em Santorini.

Atenção! Nunca me hospedei neles e isso não é um post patrocinado por nenhum deles, ok? É apenas uma coletânea baseada na informação fresca dos meus agentes gregos + meu respaldo de localização boa + sites práticos para acessar + fotos lindas + reviews boas + diárias de até 120 euros. Vamos lá?

PS: coloquei os sites dos hotéis aí, mas se quiserem saber os preços direto do pessoal de Santorini, me escrevam as datas no email luana.sarantopoulos@gmail.com , ok?! 😉 Ah, e podem ficar a vontade para me perguntar dicas e outras informações também!

Aelia by Eltheon

hotel em Santorini
Foto do site do hotel

Localização: Imeroglivi

Meu comentário: fica na  belíssima caldeira da região conhecida como Imerovigli, entre a capital Fira e a famosa vila de Oia. Alguns quartos têm aqueeeeeela vista!

Preço médio da diária: 80 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site: http://www.santorini-hotels.org/

Kafieris Apartments on the cliff

Hotel em Santorini
Foto do site

Localização: Firostefani

Meu comentário: fica na região conhecida como Firostefani, que é a vila vizinha da famosa capital Fira. Lá é mais tranquilo e ótimo para quem quer sossego mas ainda quer ficar bem localizado. Me parece que alguns quartos têm uma vista maravilhosa para a caldeira de Santorini. Já imaginou o cenário do café da manhã?! Aff, Santorini!

Preço médio da diária: 75 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site: http://www.kafierisapartments.gr/

Ira Hotel e Spa

Hotel Santorini Ira
Foto do site

Localização: Firostefani

Meu comentário: fica na região conhecida como Firostefani, que é a vila vizinha da famosa capital Fira. A localização na caldeira parece maravilhosa, e o hotel é também um spa e beauty saloon, ideal para quem quer mais conforto e luxo ainda dentro de um preço bacana!

Preço médio da diária: 120 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site: http://www.ira-hotel.com/

Astir of Thira  

Hotel em Santorini Asthir Thira
Foto do site

Localização: Fira

Meu comentário: fica na capital da ilha, em Fira, e lá é onde rola tudo. É a central dos táxis, dos ônibus, é onde tem as joalherias famosas, as vistas mais fotografadas da caldeira, famárcias, bancos, salões e supermercado Carrefour (que lá se chama Marinopoulos kkkkk). Ainda assim, é um lugar bem pequeno e charmoso, mas bem lotado na alta temporada. Se for sua primeira vez na ilha, Fira é o ponto ideal para começar a viagem 🙂 E olha que massa, o hotel ainda fica na caldeira, bem na frente do famoso vulcão de Santorini!

Preço médio da diária: 95 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site: http://www.astirthira.gr/

Costa Marina

Hotel Santorini
Foto do site

Localização: Fira

Meu comentário: este hotel fica na capital da ilha, em Fira, a 200 metros da praça principal. Location, location, location! Lá é onde rola tudo, já perceberam né? E apesar da relativa muvuca de verão, ainda assim, Fira é um lugar bem pequeno e charmoso e lá tem que ser o ponto de partida para viajantes que vão a Santorini pela primeira vez! 🙂

Preço médio da diária: 90 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site: https://www.santorini.com/hotels/costamarina-hotel/

Sky of Thira

Hotel em Santorini
Foto do site

Localização: começo de Firostefani, a 5 minutos de Fira

Meu comentário: o hotel está entre a agitação de Fira e a calma de Firostefani, então é uma boa pra quem não se importa de andar um pouquinho mais para chegar no centrinho mas que ainda preza por calma e silêncio. Este hotel tem arquitetura tradicional e é bem em conta, se formos considerar preços de verão em Santorini 🙂

Preço médio da diária: 70 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site: http://www.skyofthira.com/

Vila Rose

Hotel em Santorini
Foto do site

Localização: Fira, capital da ilha

Meu comentário: o hotel está divinamente localizado: 3 minutos até a caldeira de Fira e 5 minutos até a praça principal. É é uma ótima opção para quem quer gastar menos: mil restaurantes econômicos ao redor, inclusive o melhor souvlaki (sanduíche grego) da ilha está a poucos passos e não custa nem 3 euros! É uma boa ficar bem localizado em Fira e não alugar carro, pois todos os ônibus que rodam a ilha saem da estação central da capital 🙂

Preço médio da diária: 77 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site:http://www.villarose-santorini.gr/location.php 

Meltemi

Hotel em Santorini
Foto do site

Localização: Perissa, a famosa praia de areias negras

PS: conheço o local, é na beira da praia meeeeeeesmo e muito bem localizado 🙂 Foi renovado recentemente!

Meu comentário: sou suspeita pra falar porque eu morava pertinho da Praia de Perissa e frequento a região há dez anos! Pra mim, Perissa é a melhor praia de Santorini, disparado!!! O cenário é lindo, é excelente para nadar e curtir beach bars e como ela é uma praia bem longa (depois de Perissa vira Perivolos e depois Agios Iorgis), tem areias negras pra quem quer sossego também 🙂 Mercadinhos, lojinhas, restaurantes ótimos e vida autêntica de ilha te espera em Perissa! Os aluguéis de carro tendem a ser mais baratos e tem ônibus que faz Fira – Perissa a cada meia hora, no verão.

Preço médio da diária: 90 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site: http://www.meltemivillage.gr/

Nikolas Hotel

Hotel em Santorini
Foto do site

Localização: Karterados

Meu comentário: eu achei este hotel bem bacana, parece novo e a localização dele é interessante, porque ele fica fora da loucura de Fira mas relativamente perto de tudo. Karterados está bem no centro da ilha, então não é longe do aeroporto, nem das praias, nem da capital Fira. É uma posição estratégica e como o preço da diária é bem em conta, sobra um troquinho para alugar o carro 🙂 ou um quad!

Preço médio da diária: 65 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site: http://www.nikolashotel.gr/

Goulielmos Hotel

Hotel em Santorini
Foto do site

Localização: Akrotiri

Meu comentário: eu adorei este hotel! Primeiro, porque é bem diferente dos outros e fica na caldeira também, mas na vila de Akrotiri. É nessa região que tem a Praia Vermelha que eu amo! E o importantíssimo sítio arqueológico de Akotiri também fica bem pertinho. É bom alugar carro ou moto pra ficar em Akrotiri, e a vila está a 15 minutos de Perissa e uns 10 minutos de Fira (de carro). Não é tão longe de nada, mas é super sossegado e tem um pôr-do-sol inesquecível, você vai se sentir em outro planeta. Ou melhor, vai se sentir no céu! 🙂

Preço médio da diária: 120 euros (tem que conferir as datas e disponibilidade, né?)

Site: http://www.hotel-goulielmos.gr/en/

Espero que vocês tenham curtido as dicas!

Ah, e já falei, né?! Podem ficar a vontade para me perguntar mais informações e preços, meu email é luana.sarantopoulos@gmail.com

Mil bjs!!

Bons filmes sobre bons vinhos!

Já descobri minha nova paixão: vinhos!

E estou estudando não apenas o lado técnico da degustação (uhm, aroma de…… alecrim….. frutas cítricas…pão com manteiga..) mesmo porque estou muuuuuuito longe de possuir um saber apurado 🙂 Comecei meus estudos pelos vinicultores!

E por trás de todo meu interesse, é claro, há motivos literários, mas vou manter em segredo por enquanto. O que quero compartilhar com vocês hoje são alguns filmes bem legais que descobri quando estava procurando bons filmes sobre vinhos. Fiquei maravilhada com estes que achei. Eles são bem diferentes um do outro mas todos são interessantes e vale a pena assistir.

Vamos lá?

The Pelican´s Wacth

Não poderia deixar de começar a minha lista com um filme super elogiado e premiado que se passa na ilha de Santorini 🙂 É mais um documentário sobre os vinicultores da ilha e a maneira que eles vivem! Sensacional, não é? Conheci o grego talentosíssimo por trás do filme e quero muito meu DVD (hello quem tiver na Grécia e puder me mandar um, please!!!!!!!!!). Olha que massa o teaser:

Ta aí o link do filme para saber mais:  http://www.pelicanswatch.gr/

A year in Burgundy

Este filme é super bacana e mostra um ano inteiro na região da Borgonha, na França. É sentar e aprender tudo que acontece nos bastidores da produção dos melhores vinhos do mundo, de primavera a inverno. Achei muito interessante observar o amor e o cuidado que cada vinicultor tem com suas vinhas, as superstições, as leis e tudo de mágico e burocrático que envolve a produção dos vinhos franceses. Para  você assistir, é só achar o filme no Netflix, tá fácil!

bons filmes para bons vinhos 2

The Vinter’s Luck

Gente, eu amei este filme!!! Há quem diga que é filme cult francês (kkkkk meu marido) e que é muito louco mas eu confesso que amo este tipo de loucura 🙂 A história se passa em um chateau francês e o protagonista é um vinicultor que quer criar o melhor vinho que já se provou. Muito determinado, ele recebe a visita de um anjo que vai ajudá-lo a seguir em frente. Não falei que era meio diferente?! Mas é suuuuper legal, assistam! Também está disponível no Netflix 🙂

filmes sobre vinhos 1

A good year

” Um Bom Ano” é um filme super conhecido, com Russel Crowe no papel principal. É um filme com belos cenários e história interessante, o favorito do meu marido. 🙂 Eu também adoro, confesso. Tudo se passa na França, quando Russel herda um chateau e quer se livrar dele o mais rápido possível. Vale muito! Este deve estar disponível nas locadoras e na TV a cabo, provavelmente.

bons filmes para bons vinhos  4

A year in Champagne 

Na mesma linha do “Um ano em Borgonha”, este filme mostra as quatro estações e ainda a colheita na região de Champagne. Eu achei bem interessante, mas neste filme a parte técnica, de marketing e de legislação fala mais alto do que a parte mágica, do sonho e dos milagres do vinicultores. Por isso curti mais o de Burgundy, mas também indico para quem quer aprender tudo que pode sobre o assunto!

bons filmes para bons vinhos  3

Espero que vocês tenham gostado das sugestões! Aos poucos vou contando mais sobre o que estou aprendendo! Bjs e boa semana!