Como são as Praias de Santorini, na Grécia?

Queridos leitores,

Vocês sabem que eu sou de família grega, morei em Santorini e casei em Santorini 😉 Frequento a ilha de Santorini há 10 anos! UHu 😉 Então recebo muitas perguntas sobre as Praias de Santorini, principalmente dos leitores queridos que querem ir para a Grécia.

Os viajantes que pensam em ir para a Grécia pela primeira vez sempre querem conhecer Atenas, Mykonos e Santorini, certo? E já conversamos aqui bastante sobre as vantagens e desvantagens de fazer a viagem para a Grécia baseada nesse trio famoso 😉 Se você ainda não sabe se Mykonos é “a sua praia”, dá um corridinha no post Ilha de Mykonos, vou ou não vou?. E se você ainda não está convencido sobre a necessidade de uma viagem para a Grécia, clique aqui para ver muitos posts sobre viagem para a Grécia!

Bom, agora vamos falar das dicas e informações sobre as praias de Santorini. Fiz este post com muito carinho, respondendo as perguntas que vocês me mandam sobre as praias de Santorini 💙 “Lulu, tem estrutura nas praias? Que eu levo na bolsa? Quanto custa? Onde ir, onde comer, só tenho 3 dias…..” e por aí vai….!💗 então, papel e caneta na mão 🇬🇷 Todas as melhores dicas sobre as Praias de Santorini! Onde ir, o que levar, quanto custa e mais 😍💙💗🇬🇷💖💟 Espero que vocês aproveitem as dicas de Santorini! 

Organizei o post com 10 dicas  sobre as praias de Santorini e depois tem o vídeo completo, ok?

  1. Não espere areias brancas e praias tradicionais brasileiras como Bahia e etc 🙂 Também não tente comparar Santorini com Mykonos, Milos, Ios, Zakynthos e outras praias gregas pois Santorini é um vulcão e suas praias são pedras pequenas e lava. Super diferentes mas igualmente maravilhosas 😉
  2. Entenda que a caldeira é aquela parte da meia-lua que fica de frente para o vulcão e lá tem mar mas não tem praia. Ou seja, as famosas vilas de Fira e Oia (Ía) não tem praia!
  3. As melhores praias de Santorini ficam no sul da ilha e no lugar de areias temos pedras! De várias cores 😉 Mas em alguns pontos as pedras são tão pequenas que são “quase estilo areia”, vai….Algumas praias são ligadas por barquinhos 😉

    Dicas praias de Santorini
    Praias de Santorini, Grécia
  4. As praias que você precisa conhecer podem ser divididas em 3 grupos: as negras, as brancas e a vermelha. Vamos lá:

    Dicas praias de Santorini Grécia
    Praias de Santorini, Grécia
  5. Praias de Areias Negras 🙂  Temos  como as principais praias de Santorini as praias de Perissa, Perivolos e Kamari. Minha sugestão: Perisssaaaaaaaaa – é a que eu mais gosto 🙂 descubra por que no meu vídeo Dicas sobre as Praias de Santorini . Mas apesar do meu bairrismo, todas as três praias citadas são excelentes e tem uma ótima estrutura: restaurantes, hotéis, tavernas e lojas de souvenirs. Se você procura beach bars, vá para Perissa ou Perivolos.

    Dicas praias de Santorini Grécia
    Praia de Kamari, Santorini
  6. Praias Brancas, e aí começa uma boa polêmica. Cada nativo e cada marketeiro vai colocar o nome de tal praia de “branca” mas a verdade é que tudo que não é praia negra como Perisssa, é meio branca e elas estão localizadas em algumas partes da ilha. Um excelente exemplo de praia branca é a Praia Eros, do beach bar Theros, que tem uma excelente infra e é um local maravilhoso para passar o dia em Santorini. Outra sugestão é a praia de Vlyxada ou do Limanaki.

    Dicas praias de Santorini Praia Vermelha
    Vlyxada, Praias de Santorini, Grécia
  7. A famosa Red Beach, a Praia Vermelha de Santorini é um dos meus locais favoritos no mundo. Mas eu sou uma pessoa estranha e não vá até lá com enormes expectativas de passar o dia na Praia Vermelha, e do vermelho ser cor de vermelho sangue, tá? A Praia Vermelha é uma perfeita amostra do que é Santorini: selvagem, instável e maravilhosamente bela. As fotos não conseguem, nem de longe, tramsitir a atmosfera do local. Dica: vá de manhã, bem cedo, ou no final do tarde, apenas para ver o local e tirar algumas fotos. Evite o meio dia e os ônibus lotados de turistas chineses #nadacontra

    Dicas praias de Santorini Praia Vermelha
    Praia Vermelha, Santorini, Grécia
  8. Outras praias em Santorini que valem uma visita: a praia da caldeira ou Caldera Beach, para uma visita tranquila, para um café frappé gostoso ou para um mergulho. E a Praia de Monolithos, para comer no restaurante que eu amo – Mario’s .

    Dicas praias de Santorini Grécia
    Caldera Beach, ilha de Santorini, Grécia
  9. Não deixe de conhecer os beach bares tops de Santorini: Demilmar, em Perissa, JOJO e Chili em Perivolos, Theros em Vlyxada. Comida boa, música excelente e muita animação na alta temporada!
  10.  E digo mais, se você vai fazer a viagem para a Grécia na alta temporada, pense em ficar hospedado em Perissa 😉 onde tem um centrinho com lojas, restaurantes, e tudo que você precisa e o melhor, tem alquela praia maravilhosa 24 horas por dia! Ah, e os preços são muito mais atrativos do que os hotéis da famosa Fira e Oia. Eu, todo ano, fico hospedada em Perissa!

Aqui posto para vocês o meu vídeo do Youtube com Dicas sobre as Praias de Santorini, Grécia! Tem muitas outras informações sobre a minha ilha favroita nesse mundo, Santorini 🙂 Espero que vocês curtam o post e o vídeo e que possa inspirar muitas viagens para a Grécia! Mil beijos!

10 looks para usar na viagem para a Grécia!

Quem acompanha o blog sabe que eu tenho “um pezinho na moda” e amo dar dicas do que levar na mala para a Grécia e do que vestir na viagem pelas ilhas gregas! Então, neste post, vou dar 10 ideias de looks perfeitos para o verão na Grécia. São looks fáceis e estilosos, que não amassam muito e cabem em uma mala de 23 quilos, ou seja, ideais para uma viagem para a Grécia continental e ilhas gregas. Vocês sabem que nos voos internos só pode carregar – no máximo – uma mala de 23 quilos, né?! #socorro

Importante: já vou avisando que eu não sou muito de looks esportivos e na minha mala eu sempre tenho peças de roupas estilosas e diferentes, em cores fortes e comprimentos variados. Então, foco em vestidos e macaquinhos leves, que serão fáceis de vestir em qualquer situação. E claro, sempre tenho na minha mala para a Grécia um ou dois vestidos lindos para jantar em um lugar bacana em Mykonos, tomar um champagne na caldeira de Santorini ou ainda sair para passear pelo centrinho de Atenas no entardecer. Vale a pena ter aquela peça separada para uma ocasião especial!

Polêmica do salto alto nas ilhas gregas: eu quase nunca levo mais do que um sapato ou sandália de salto para minha viagem para a Grécia. Simplesmente, porque as ruelas das ilhas gregas são bem irregulares e ficar andando e virando o pé, não rola. Mas é claro que levo um saltinho para os casamentos lindos que organizo em Santorini! Algo prático e confortável 😉

Então, os melhores looks para uma viagem para a Grécia são looks na mesma linha da decoração das ilhas (rsrsrs) – rústico chic! Me concentrei em cores fortes e fáceis e peças únicas para alegrar o dia a dia e facilitar a viagem. Ta aí: looks high low para a viagem para a Grécia são uma excelente pedida!

Ideias para colocar na mala: Vestidos curtos + gladiadoras 🙂 Vestidos longos + sandalinhas de couro 😉 Macaquinhos de renda + havaianas 🙂 E claro, peças e acessórios com aquela pegada grega  são super bem-vindos! Liberta a deusa grega estilosa que existe dentro de você e bora para a Grécia!

Look 1: vestido grego de algodão na cor coral (comprei nas lojinhas de Fira, em Santorini, mas você encontra em Atenas, no bairro de Plaka e em muitas outras ilhas). Este foi o look para um passeio pela ilha de Karptahos, na Grécia (pausa para rir da minha pose bizarra e no vento levantando o vestido!)

Dicas do que levar viagem para a Grécia
O que usar na viagem para a Grécia – Karpathos

 

Look 2: Para passear durante o final da tarde e noite nas ilhas gregas 🙂 macaquinho de renda preto com recortes + sandalinha prata (dois super achados nas lojinhas do meu bairro em São Paulo)

Dicas do que levar viagem para a Grécia
O que levar na mala para a Grécia – Santorini

Look 3: Perfeito para uma visita na Acróple, em Atenas 🙂 Escolhi um macaquinho preto básico e de tecido leve e levei também um cardigã de lurex porque o tempo estava estranho. Ah, casaquinho amarrado na cintura está super em alta neste ano!

dicas-de-o-que-vestir-viagem-para-grecia-162
O que vestir na Grécia – Atenas

 

Look 4: Este vestido lindo de morrer (que comprei em Barbados) foi minha escolha para um dos Casamentos em Santorini de 2016. É bom conferir o vento antes de sair de casa com um vestido assim, ok?

Dicas do que levar viagem para a Grécia
O que usar em um Casamento em Santorini

 

Look 5:  É sempre bom levar peças em branco, pois no verão das ilhas, o branco é a cor mais usada para realçar o bronzeado 😉 #queeununcaconsigo kkkk 😉 Este vestido branco tomara-que-caia comprei no centrinho de Rethymno, em Creta e já vou guardar para o Reveillon!

Dicas do que levar viagem para a Grécia
O levar na viagem para a Grécia – Creta

 

Look 6: Biquini com recortes e saia de crochê preta 🙂 Esta foi a minha escolha para passeio de barco em Santorini e é claro, também levei chapéu, canga, e um outro biquini no caso de querer tomar sooooool mesmo (e evitar a marcar estranha).

Dicas do que levar viagem para a Grécia
O que usar em um passeio de barco em Santorini e nas ilhas gregas

 

Look 7:  Mais um look para passeio de barco na Grécia 😉 Vestido preto de malha super confortável também é uma ótima opção para um dia em alto mar, ainda mais se tiver com muito vento!

Dicas do que levar viagem para a Grécia
O que usar em um passeio de barco pela Grécia

 

Look 8: Este vestido longo coral com babados de chiffon foi minha escolha para acompanhar a noiva em outro casamento lindo, na caldeira de Santorini!

Dicas do que levar viagem para a Grécia
O que usar em uma viagem para a Grécia – Casamento em Santorini

 

Look 9: Este vestido longo tem detalhes em azul e branco e comprei em Dubai :)Foi a minha escolha para a desgustação de vinhos na caldeira de Santorini!

Dicas do que levar viagem para a Grécia
O que levar na mala para a Grécia – Santorini e ilhas gregas

 

Look 10: Vestido branco grego maravilhoso que comprei em Santorini! 😉 E esta foto é de um ensaio que fiz em Creta, com o fotógrafo Ben Rigas – se quiser ver mais sobre este ensaio, clique aqui:

O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta

Espero que vocês tenham gostado das sugestões e dos meus looks para usar na viagem para a Grécia! Mil beijos!

 

Dicas de Creta, Grécia: Monastério de Arkadi

Queridos leitores,

Hoje vou falar para vocês um pouquinho da minha visita no Monastério de Arkadi, que fica próximo a cidade de Rethymno, em Creta.

E só para citar uma coisa muito interessante que aprendi é que Monastério é uma palavra que vem do grego (é claro!) Monasterion, que quer dizer “lugar de viver sozinho” – já que monos é sozinho. Muito legal, né?! Para quem vai visitar a região e quer uma informação mais específica, o Arkadi fica no lado oeste da grande ilha grega de Creta, a 23 quilômetros de Rethymno.

Uma pequena introdução sobre Creta

para quem caiu de paraquedas no blog:

Minha viagem até Creta, na Grécia foi maravilhosa e muito inspiradora e agora começo a compartilhar com vocês tudo que aprendi. Me deparei com muitas dúvidas quando estava progamando a viagem, afinal Creta é uma ilha enorme,  e com uma lista infindável de coisas legais para fazer. Para quem curte praia, em Creta tem várias lindas, selvagens e supreendentes e outras tantas com estrutura moderna e resorts enormes. Para quem curte história e cultura, Creta oferece uma lista de passeios, museus, e monumentos históricos que emocionam por sua riqueza cultural e relevância na história da Grécia.

Tenho muito a dizer sobre aquele canto da Grécia porque o povo de Creta me conquistou por inteiro!

E vocês sabem que eu falo demais – 😉  – então podem aguardar que vai ter post de tudo que é assunto, dicas e informações sobre viagem para Creta, na Grécia. Se você quer ver um apanhado geral vai direto no meu vídeo do Youtube O que fazer em Creta, clicando aqui.

Agora, sobre o Monastério de Arkadi – eu achei o local lindo – lindo mesmo!

Cheguei lá sem esperar nada (talvez esse seja o segredo da vida, né? expectativa zero ;)) e me impressionei quando vi quantos ônibus de turismo estavam estacionados. What? Só eu que não sabia que este lugar mágico existia? Por que os brasileiros não falam desse lugar? Como podemos vir até Creta e perder uma visita nesse lugar tão especial?

Então, como eu descobri sobre o Monastério de Arkadi, em Creta?

Vocês já sabem que eu trabalho com Casamento em Santorini (Lulu, resume, vai..!) e por isso conheço muitos profissionais gregos nativos e eles se tornam amigos, sempre me dão dicas, informações novas e é um grande prazer conviver com eles e suas famílias. Estava em Creta conhecendo a ilha e tive a sorte de fazer um ensaio fotográfico com o excelente fotógrafo Ben Rigas lá no Monastério de Arkadi, acreditam?

E é isso que apresento para vocês agora: imagens maravilhosas de um dos meus ensaios em Creta, e e fotos belíssimas do Monastério de Arkadi. Abaixo, também dou algumas informações super interessantes sobre o local e alma forte do cretense 😉

O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta
O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta

O que vemos no Monastério de Arkadi?

Uma combinação de construções com estilo veneziano, renascentista, porque Creta foi por algum tempo parte da República de Veneza. É um monastério ortodoxo, um templo para estudo de ciência e arte, mas mesmo e apesar das muralhas e do Monastério parecer uma fortaleza, ele foi conquistado, destruído e reconstruído várias vezes, a cada invasão e dominação (vocês sabem que esta região viveu momentos turbulentos pesados, né?).

A informação que mais me chamou atenção é que o Monastério de Arkadi é atualmente um santuário nacional em honra da resistência cretense, pois foi um dos pontos mais relevantes de resistência contra a ocupação otomana. Diz a lenda, que cretenses se refugiaram no local (a maioria eram mulheres, crianças mas havia resistentes também) mas depois de três dias de combate (os otomanos estavam em número bem maior), os cretenses explodiram os barris de pólvora e todos os ocupantes morreram. Eles preferiram o sacrífico ao invés da redenção.

Isso não resolveu o conflito, mas chamou a atenção do mundo para a coragem e a bravura do povo de Creta, que lutava desteminadamente – até o fim – em nome de sua independência. Isso faz a gente pensar, né?! E se você viu ou leu a obra mundialmente conhecida como “Zorba”, deve se lembrar que uma das características mais marcantes do personagem Zorba era o espírito livre. “Vou trabalhar para você, mas no meu tempo livre, eu sou o meu chefe, Zorba fala logo no começo de sua história.

Finalmente, queria deixar uma pequena passagem para meus amigos gregos

Eu sei que eles leem o blog traduzido pelo Google 😉 O que mais me admira no grego e o que mais me deixa orgulhosa de ser metade grega é a sua lealdade – seja pela palavra dita, pela relação aceita, pela honra de ser quem é, pela família que o criou, pela vila que o recebeu, por Deus, que lhe deu a vida. A lealdade dos gregos é – na minha opinião – a característica mais marcante e ela está presente em cada cantinho de história na Grécia. Creta, um lugar que eu aprendi a amar tanto quanto minha querida Santorini, mostra isso o tempo todo, em cada esquina, em cada olhar. Os gregos são leais, mesmo que leais ao que eles acreditam, ao que entendem da vida. Podem estar em desacordo com o resto do mundo, mas estão de acordo com aquilo que são. São leais a sua essência. E isso não é admirável? 

Bom, desejo a todos um excelente final de semana – planejando viagens, ou descansando, ou lendo um bom livro 🙂 Um que seja cheio de cultura, história, bravura, paixão, amor pela Grécia e alegria! 😉 Bravo Ellada, mais uma vez a Grécia me deixa orgulhosa!

Abaixo mais algumas fotos de Ben Rigas 🙂 Beijos, amigos!

O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta
O que fazer em Creta Grécia
Monastério Arkadi, Creta!
Dicas de Creta
Lulu em Creta, Monastério de Arkadi

Aventuras na belíssima ilha de Santorini: Skaros, em Imerovigli!

Minha última viagem foi maravilhosa e conheci lugares novos, vivi novas experiências e estou com notícias fresquinhas da ilha de Santorini! 

E para alegrar a tarde de todo mundo e escapar desse clima maluco de eleições, stress e crise, posto um pequeno resumo e fotos belas de uma parte muito especial de Santorini: o Skaros, o castelo em ruínas da região de Imerovigli, na ilha grega de Santorini!

E foi nessa empolgante trilha que me meti na última viagem. No começo, eu me enganei dizendo que iria apenas “tirar uma foto de frente do Skaros“. Aí passou um casal de turistas que perguntaram se eu iria subir até o topo. “Sem chance, olha o meu look“, respondi, de saia, blusa de babados e sandalinha gladiadora. “Você acha que hoje vai ter pôr do sol?”, o casal inistiu na conversa, desconfiado depois de alguns dias nublados . “Hoje vai ser perfeito”, respondi.

E então, logo depois que avaliei o céu azul e o horizonte relativamente limpo, comecei a minha caminhada implacável rumo ao alto do Skaros. O casal disparou na frente, a mulher desistiu na primeira subida e o homem continuou sozinho. Eu segui devagar, no meu ritmo lento e calmo, fotografando a beleza ensurdecedora ao redor. Na maior parte do tempo, eu me senti o único ser humano passeando por ali – mas nunca estive tão perto de Deus.

Em momentos como esse, me faltam palavras. Graças a Deus, eu tinha minha câmera.

Skaros, Santorini, Grécia dicas de Santorini
Skaros, Santorini, Grécia

dicas Santorini Grécia

dicas-de-santorini-grecia-8
Vista de Imerovigli, com a sombra do Skaros
dicas-de-santorini-grecia-8
Skaros, Santorini

E para quem deseja mais informações, ta aí um resumo do que postamos na page do facebook Santorini Grécia.

Quando os visitantes de Santorini avistam o Skaros não entendem a dimensão e importância daquele local.

“É uma pedra? Uma montanha? O que é aquilo no meio da caldeira do vulcão?”. A história de Skaros vem do ano de 1207 quando lá foi construído um castelo veneziano, que foi usado pelos nobres como sede e residência. Em outras épocas foram contruídos outros dois castelos no mesmo local, no entanto, invasões e terremotos foram destruindo e mudando o cenário do Skaros. Habitado por ocidentais católicos e ortodoxos, no local onde hoje apenas se vê as ruínas do que é o Skaros, anteriomente era composto por mosteiros, catedrais e igrejas. Do século 17 ao 18, todos foram abandonando Skaros e a população se mudou para Fira, que se tornou a nova capital da ilha de Santorini.

Hoje é possível ver uma pequena igrejinha branca na parte de trás e de baixo do Skaros! E este foi um dos locais mais incríveis que eu conheci na minha última temporada em Santorini 😉 O pôr do sol de lá é impecável…..!

skaros-dicas de santorini-imerovigli-
Skaros, Santorini
skaros-dicas de santorini-imerovigli-111
Skaros, Santorini
skaros-santorini-imerovigli-4
Igrejinha de Skaros, Santorini

E no final do dia: a recompensa…: Obrigada, Universo! Por mais um dia belíssimo em Santorini!

dicas-de-santorini-grecia-8
Pôr do sol em Santorini

 

Viagem pelas ilhas gregas: 45 dias em 5 minutos!

(post rápido só para você sentirem o que vem por aí!;) Muuuuita mas muuuuuita coisa legal!)

5 minutos que contam o que vivi nos 45 dias viajando pelas ilhas gregas (ilha de Santorini, ilha de Creta, ilha de Karpathos e Atenas) – sozinha, na maior parte do tempo.😊 Eu poderia escrever uma trilogia ( vocês sabem que poderia 😂😂) sobre a utilidade de um tempo a sós com os próprios pensamentos e em última instância, com suas dores mais secretas. Mas vou apenas dizer que adoro ficar sossegada, porque sozinha, amigos, eu nunca estou! Com Deus ao meu lado, com as pessoas que trabalham comigo, com o carinho das noivas, com apoio da família, com o amor do meu amor e com a companhia eterna de vocês, por aqui, 24 por dia! Rindo e chorando, nos dias bons e nos não tão bons, o importante é seguir em frente 😍💟💖 que os meus “bons dias” tenham sido animadores para alguns de vocês, que sirva de gás para a realização do sonho de viajar para a Grécia, de casar em Santorini ou de ser uma pessoa melhor! FÉ EM Deus sempre e bola pra frente *** programando as próximas viagens 😂😂😂 #rodinhanope

45 dias em 5 minutos!! Só com os vídeos de 10 segundos do Instragram 😉 Boa semana!

Onde ver o pôr do sol em Santorini: três sugestões que não são em Oia!

Queridos leitores!
Eu continuo na Grécia, descobrindo várias novidades em Santorini!!!  Estou feliz da vida, curtindo meu cantinho favorito no mundo! Obrigada a todas as mensagens e comentários – vou responder com calma quando puder!
Hoje vou dar três ótimas sugestões para quem quer ver o famoso pôr do sol em Santorini! 😉 Sabemos que muitos sugerem ir para a vila de Oia no entardecer – eu, particularmente, não curto tanto! Acho Oia longe e muito cheio! Então, se você quiser aproveitar para ver o pôr do sol em Santorini – de qualquer canto da ilha e sem o stress de ficar muito tempo na estrada – aqui vão algumas sugestões!
 
1) As primeiras duas fotos são do Franco’s, um bar maravilhoso pendurado na caldeira de Fira, onde você curte o pôr do sol em uma atmosfera total de paz – com música clássica! 😉 Perfeito para provar alguns vinhos gregos ou estourar uma champagne com o love – romântico e fino!
onde ver o por do sol em Santorini caldeira
Pôr do dol no Franco’s bar, ilha de Santorini, Grécia
 
onde ver o por do sol em Santorini caldeira
Pôr do sol no Franco’s bar, em Fira, ilha de Santorini, Grécia
2) As fotos seguintes são do Caldera View em Akrotiri. O céu está super azul porque fui de manhã fazer as fotos, mas já assiti o pôr do sol de lá e adorei. Lá é tipo uma cafeteria pendurada na caldeira de Akrotiri, ao sul da ilha. O visual também é de tirar o fôlego e lá é bem mais rústico, perfeito para tomar um café frapé depois de um dia na praia!
onde ver o por do sol em Santorini caldeira
Sunset View, Akrotiri, ilha de Santorini, Grécia
onde ver o por do sol em Santorini caldeira
Ai, eu só quero uma varandinha….na caldeira de Santorini!! 😉
3) Se você quer passear por Fira mas quer achar sossego – vá até o final de Fira, quase em Firostefani onde vai encontrar o café Irini. Ele também está pendurado na caldeira, mas é beeeeeem mais tranquilo que os outros cafés movimentados do começo de Fira. A vista compensa a caminhada!!
onde ver o por do sol em Santorini caldeira
Cafe Irini – sossego em Fira, ilha de Santorini, Grécia
onde ver o por do sol em Santorini caldeira
Café Irini, para ver o pôr do sol tranquilamente em Santorini, na Grécia

Espero que vocês tenham curtido o post de hoje! Eu continuo aqui em Santorini, estão a agenda está maluca! Podem aguardar que na volta vou postar muita mas muuuuita coisa legal! Até lá, quero convidar para me acompanharem ao vivo no meu facebook pessoalLuana Sarantopoulos Bergamaschi e no meu instagram luana_sarantopoulos. Tem post e fotos novas todo dia por lá – dá pra acompanhar em tempo real!😉

E se você tem interesse em Casamento em Santorini, atenção! Estou acompanhando a temporada de casamentos que organizei de brasileiras em Santorini – fiquem ligados nas pages do face:

Casamento em Santorini * Noiva de Santorini * Santorini Grécia *

E claro, aproveite para acompanhar a página do blog! Lulu no País das Maravilhas         

Mil beijos!! Para ver mais fotos clique aqui!

Ser grego é estar vivo! Bom dia, Santorini!

Todos esses dias em viagem pela Grécia (Atenas, Santorini, Karpathos, Creta, Atenas e de volta para Santorini) 😉 e no meio de tantos check in e check outs trombei com uma realidade incontestável: na Grécia, eu nunca consigo descansar!

Faço promessas em vão, digo “vou dormir amanhã o dia todo”, “vou para cama cedo”, “vou dormir pelo menos duas horinhas nessa tarde” – mas nada – nada disso vira realidade! E por quê? Simplesmente porque tem sempre muita coisa bacana rolando aqui na Grécia, ainda mais no verão!

Ou talvez, porque só posso estar aqui um pequena fração de tempo por ano e nesse espaço tenho que combinar visita aos amigos, tempo com a família e claro, muito trabalho com os parceiros e atenção total às noivas! E quando sobra um tempinho, faço anotações para meu próximo livro! Ou vou para a praia 😉

Mas quero ir além, sair da bolha da minha rotina, para contar para vocês o que vejo ao meu redor: e preste atenção, estamos no final finalzinho do verão, vamos para a segunda quinzena de outubro em breve. Apesar dos turistas continuarem chegando as montes na nossa querida e amanda Santorini – como pude perceber ontem – o coração nativo já sente o inverno chegando. O termômetro ainda marca 25 a 30 graus durante o dia, mas a brisa fresquinha da noite e a chuva maluca de dois dias atrás trouxeram espirros e resfriados para quem viveu um verão talvez longo demais. Não tem problema, “é só tomar um depon”, diz minha amiga para minha outra amiga resfriada. E vamos seguir o dia, porque a agenda está cheia e não podemos parar nunca!

A vida aqui na Grécia corre como se estivesse na reta final de uma corrida importante, como se o destino estivesse perto – mas ele nunca chega, e a corrida continua. Meus dias da Grécia são corridos, cheios de passeios, reuniões, cafés, vinhos, jantares e almoços, afinal tudo é um evento nessa terrinha que amo! Vivo cada segundo no ritmo maluco da minha prima, ou da minha amiga, vivo como se estivessemos correndo contra o tic tac do relógio. Será que estamos e não sabemos?

E temos energia para isso, afinal o vulcão de Santorini sempre manda as melhores vibes na nossa direção, então seguiremos bem. Hoje de manhã, assim que abri o computador para responder os últimos mil emails que recebi noite passada, vi o amigo dono do hotel passar para me trazer um café fresquinho. “Você está cansada, eu vejo”, ele me disse. “Acabada”, eu respondi. Porque atrás de todo o glamour de um ensaio de fotos, ou de um passeio de barco ou mesmo de uma selfie bacana, tem horas e horas e horas de trabalho árduo atrás da telinha do computador.

Olho ao redor, e vejo que o céu está azul e a montanha familiar da praia de Perissa- antes quintal da minha casa – sorri para mim. Hoje é domingo. Escrevo este post, mando fotos para compartilhar alguns flashes do que estou vivendo, dou um gole do meu frappé e me despeço. O mar verde das areias negras de Perissa me espera. E vamos curtir a vida.

Ter garra para viver uma vida boa, uma vida cheia, uma vida bem vivida é a característica mais marcante que meu lado grego carrega. E a esperança de dias melhores é a presença da minha parte brasileira, que não desiste nunca. Que a forte e tempestuosa energia dos deuses gregos possam nos guiar pelas ruelas misteriosas da vida, sempre com um sorriso no rosto, mesmo e apesar das fatalidades bestas da vida. Simplesmente porque: Etsai einai i zoí (essa é a vida, em grego). Ti na kanoume? (o que faremos? ou ainda, o que há de se fazer?). Tomo emeprestado a frase favorita de um velho amigo: eu faço o que posso. O resto, só Deus sabe.

Viver, é o que podemos fazer. Sem medo e sem restrições. Ser grego é estar vivo.

Praia de Perissa Santorini Grécia 1
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia
Praia de Perissa, Santorini, Grécia

Uma volta pela Acrópole de Atenas!

Queridos leitores,

continuo na minha viagem pela Grécia! 🙂 Depois de uma boa temporada pelas ilhas gregas, fiquei alguns dias em Atenas com a minha família grega e aproveitei para visitar a Acrópole de Atenas mais uma vez!

Acrópole de Atenas
Acrópole de Atenas

Faz mais de 10 anos que visitei a Acrópole pela primeira vez, mas a majestade de uma das construções mais belas do mundo sempre me encanta. Desta vez, estava com minha câmera, então tirei algumas fotos para compartilhar com vocês as belezas da Acrópole de Atenas, na Grécia!

Acrópole de Atenas Grécia
Acrópole de Atenas
Acrópole de Atenas Grécia
Acrópole de Atenas

Estou cheia de novidades, dicas de viagem e informações fresquinhas sobre Atenas e ilhas gregas, mas como ainda estou com o pé na estrada, quero agradecer o carinho e as mensagens de todos e convidar para me acompanharem ao vivo no meu facebook pessoalLuana Sarantopoulos Bergamaschi e no meu instagram luana_sarantopoulos. Tem post e fotos novas todo dia por lá – dá pra acompanhar em tempo real!😉

E se você tem interesse em Casamento em Santorini, atenção! Estou acompanhando a temporada de casamentos que organizei de brasileiras em Santorini – fiquem ligados nas pages do face:

Casamento em Santorini * Noiva de Santorini * Santorini Grécia *

E claro, aproveite para acompanhar a página do blog! Lulu no País das Maravilhas         

Mil beijos!! Para ver mais fotos clique aqui!

Acrópole de Atenas Grécia
Acrópole de Atenas

Um roteiro de Motorhome pelos vinhedos da França!

Definitivamente 🙂 essa foi uma das viagens mais legais que nós fizemos!

Alugar um motorhome na França e contar com ele para ser seu meio de transporte e sua hospedagem (e mais onde você faz suas refeições, é claro)  – por longos sete dias –  pode parecer  loucura para alguns! Mas, para nós, foi uma aventura sensacional e super relaxante! Vou contar tudo para vocês hoje! 🙂

Inicialmente, quero dizer que só de não ter que fazer check in e check out  todo-santo-dia eu já ficava muito feliz. Só de não ter que arrastar mala para cima e para baixo, só de não ter que preocupar com hospedagem em cada cantinho lindo que a gente passava…isso tudo já valia a viagem. O melhor de viajar de motorhome é a espontaneidade e liberdade de roteiros – afinal, se você gostou daquele local e quer fazer seu jantar ali, é só estacionar o motorhome, abrir o vinho e relaxar!

É claro que estamos falando de França, Europa e as condições são mais do que favoráveis para os viajantes de motorhome. Muitos campings estão espalhados pelo país e as estruturas são ótimas. E mais massa ainda, nós descobrimos que existe um rede de produtores locais de vinho, queijo, trufas e outras delícias que permitem  que os motorhomes estacionem de graça em suas propriedades. É claro que você tem que ser gentil e comprar um vinho, queijo, trufa, azeita ou fazer um jantar delicioso e super super francês 🙂 E o que mais você quer?

roteiro motorhome França vinhos Borgonha

Quando nós descobrimos o guia desse esquema, que se chama French Passion, ficamos alucinados com a ideia! Dirigir livremente para qualquer canto da França e ainda parar para pernoitar nos terrenos de cenários maravilhosos dos produtores locais…what?! Me belisca, que sonho!

E foi isso e um pouco mais! Nós simplesmente amamos as paradas do guia  French Passion  porque cada local foi muito especial e valeu a pena! PS: foi uma saga comprar o guia no Brasil, me mandem email que explico – luana.sarantopoulos@gmail.com

Ainda paramos em um camping e em dois hotéis – quando eu queria um super banho de banheira pegava uma noite em um hotel 🙂  Eu não tenho vergonha de falar que adoro uma aventura, mas amo um banho quente de banheira no inverno, tá?!

E quem quiser rir da louca aqui que viajou de motorhome mas também ficou em hotel, pode rir 🙂 Já expliquei que viajar de motorhome não é questão de economia e sim de estilo de viagem. Para ver todas as minhas dicas sobre sobre viajar de motorhome clique aqui !

Bom, e com tantos lugares lindos para ver na França, como escolher um o roteiro? Nós queríamos comer bem e somos amantes de bons vinhos! Então, foi fácil! Mas e por que não fomos para Bordeaux? Por que escolhemos a Borgonha?

roteiro motorhome França vinhos Borgonha

Na verdade, a gente queria algo totalmente fora do roteiro turístico mais famoso. E conseguimos: nos lugares que passamos não tinha um turista brasileiro! Em outros, ninguém falava nada que não fosse francês do interior da França 🙂 Muitas caves eram pequenas e  secretas e visitamos até produção de vinho no quintal, foi demais! E os vinhos de boutique raros e especialíssimos da Borgonha foram a cereja do bolo! Como não amar?

( Se você nunca ouvir falar da Borgonha, assista o imperdível documentário do NetFlix :          1 ano na Borgonha )

Compartilho o roteiro que escolhemos para nossa viagem de motorhome: os Vinhedos da Borgonha!

Alugamos o Motorhome em Sens

Dirigimos até Auxerre para ir o mercado: compramos água, papel higiênico, um chip para o celular, comida e vinho!

– Seguimos para a região de Avallon e tivemos um jantar maravilhoso no L’auberge de L’atre, em Quarre les Tombes. Dormimos lá 🙂

roteiro motorhome França vinhos Borgonha
Primeira parada, perto de Avallon 🙂

Fomos para Beaune, conhecemos um pouco da cidadezinha e das caves  e dormimos estacionados no campo de trufas negras – La Maison aux Mille Truffes! Pôr do sol foi demais 🙂

roteiro motorhome França vinhos Borgonha
Olha nosso motorhome aí!

Seguimos para Annecy, uma das cidadezinhas mais lindas que já visitei, bem próxima aos alpes!! 🙂 Aí passeamos de barco, comemos crepes com nutella e relaxamos um pouco. Ficamos no Hotel du Chateau, bem ao lado do Castelo!

roteiro motorhome França vinhos Borgonha
A linda cidade de Annecy!

– Fomos até Famille Muzard, em La Neyzette – um hotel / spa / restaurante muito mágico no pé dos Alpes! A estrada era linda, estreita e cheia de curvas, mas valeu a viagem. Estacionamos em um grande jardim e ficamos por lá:) Provamos um jantar muito delicioso e totalmente local – Amei! Era tão nos Alpes que meu celular ficava avisando “alerta de avalanche” kkkkkkkk

roteiro motorhome França vinhos Borgonha
Pelos alpes franceses

Voltamos para Macôn, visitamos algumas vinícolas (como a Cave de Charnay) para comprar vinhos e também aproveitamos para voltar em Beaune e curtir os pontos turísticos de lá: Hospice e a caves famosas como a La Patriarche! Dormimos no camping de Beaune e foi super tranquilo 🙂

roteiro motorhome França vinhos Borgonha
Caves de Beaune

– Subimos para Vezelay, uma vila charmosa parada no tempo. Para todo lado que se olha, vinhedos! Dormimos no Le Compostelle, que era ponto de apoio para os peregrinos e aproveitamos para visitar alguns museus de arte e claro, a maravilhosa Basílica.

roteiro vinhos França viagem motorhome
Basílica de Vezelay

Fomos até Chablis, que é uma micro cidadezinha com comida e vinho excepcional! Tentamos parar no camping, mas ainda estava fechado porque não era alta temporada 🙁 e como eu já estava louca por um hotel arrumadão, ficamos no Hotel Cave Willian Freire. Foi demais!

roteiro motorhome França vinhos Borgonha
Ruas de Chablis

Voltamos para Sens para devolver o Motorhome – mas a gente queria mais, viu?!

Leitores, queridos, por hoje é só 🙂 Prometo que vou postar passeios legais, dicas e informações sobre cada cantinho da França que visitamos, ok?!

Fotos da nossa viagem! Ah, e se quiserem acompanhar minhas viagens em tempo real pela página do Face ou instagram, sejam muito bem vindos!

roteiro motorhome França vinhos Borgonha
Annecy – viagem de motorhome pela França!
roteiro motorhome França vinhos Borgonha
Patriarche, em Beaune
roteiro motorhome França vinhos Borgonha
Beaune
roteiro motorhome França vinhos Borgonha
Annecy
roteiro de motorhome pelo vinhedos da França
Vinhedos da França

10 dicas para quem quer viajar mais!

Hoje vou dar 10 dicas para quem quer viajar mais! E quem não quer? 🙂

Eu amo amo amo viajar e viajo bastante tem quase 10 anos. Vocês que me acompanham, sabem muito bem que a rotina aqui é pé na estrada (Dubai -China – Turquia – ilhas gregas -polo norte – Europa – nordeste do Brasil  – América do Sul…) 🙂 Antigamente, eu viajava na raça estilo mochilão pelo mundo – nada a perder – vai e volta no Brail 🙂 Depois viajava muito para comprar coleções novas para a minha loja de roupas. E no momento atual viajo a trabalho, de férias, para acompanhar o marido e seguindo a minha agenda agitada de eventos! **Hello ilhas gregas 2016 🙂 Daqui a pouco eu chego!

A maioria das pessoas reclama que não tem tempo ou não tem dinheiro, não tem companhia e não tem coragem de viajar. Mas se você quer viajar mais, tá na hora de romper a barreira do “não tenho”. Não sabe como? Te ajudo 🙂

Este post é para vocês, queridos leitores, que querem viajar mais mas não sabem o que fazer para realizar este sonho. E acredite, sempre dá para viajar mais! Maaaaaass você vai ter que priorizar certas coisas e abrir mão de outras, tá? **Como tudo na vida!

Bora pra lista das 10 dicas para quem quer viajar mais!

  1. GASTE MENOS COM OUTRAS COISAS: Se você é da turma que não viaja porque tá sem grana, este é o item de ouro da lista. Se você quer viajar mais, faça isso uma prioridade na sua vida! Ou seja, hora de cortar salão toda semana/unha/buteco/ happy hours/comprinhas no mall/15 mil cores de batom/make/cosméticos/promoção de sapato/ cervejas importadas e por aí vai….já entendeu né?
  2. FUJA DO TRADICIONAL: na alta temporada os destinos estão caros e lotados. Se você puder viajar em outra época, fuja do óbvio! Prefira viajar um pouco antes ou pouco depois da alta temporada 🙂 O bolso agradece :)E também fuja dos locais muito badalados – ouse um roteiro inexplorado, sabe aquela cidadezinha delícia do lado do vucuvucu que tem um charme tranquilo e vale a visita? Aproveite!
  3. PESQUISA CONTÍNUA E PROLONGADA: Entre nos sites de busca de passagens e pacotes pelo menos uma vez por semana 🙂 Coloque alertas de preço se preferir!Se não tem ideia de onde vai, leia blogs de viagem, assista vídeos, siga pages no face, faça pesquisas abertas usando a opção “qualquer destino”. Para começar, dá uma olhada em todos os destinos da parte “viagens” deste blog!
  4. NÃO TENHA VERGONHA DE COMEÇAR PEQUENO: suas amigas estão passando o verão em Punta, o paquera do facebook tá em Dubai, a blogueira tal em Paris e tudo que você consegue é um convite para passar o final de semana na casa da tia no interior de Minas? Vá, mesmo que seja uma viagem pequena/simples e fácil 🙂 O mais importante é você se familiarizar com a ideia de viajar mais, de estar preparado para se mover, sair da zona de conforto e quebrar paradigmas. E vá feliz!
  5. COMPROMETIMENTO TOTAL: Decidiu que vai viajar, aí…foca! Na economia, na elaboração dos roteiros, na programação da viagem, mala – enfim, aproveite cada etapa da viagem e manda aquele aviso para o Universo que você quer viajar muito!!!!
  6. VÁ, MESMO QUE NÃO SEJA A SITUAÇÃO PERFEITA: Vá, mesmo se for na baixa temporada – vá, mesmo se o hotel não é aquele maravilhoso que você sonhara – vá, mesmo que você não tenha 1 mês livre. As pessoas que exigem condições perfeitas para viajar são as que menos saem de casa!
  7. ESCOLHA BEM A LOCALIZAÇÃO PARA SE HOSPEDAR: Se tem uma coisa que vale a pena investir na viagem é a localização da hospedagem. Por isso, coloque tempo e energia nesta parte da programação para saber qual é a localização estratégica naquele lugar. Pode ser que o melhor é ficar na praia, ou no centro, ou longe da muvuca, ou na própria muvuca! Estude o destino e seja sábio na decisão!
  8. ACHOU A PASSAGEM? ARRISCA! Quem pesquisa muito sempre vai encontrar aqueles preços inacreditáveis que parecem lendas urbanas! NY, Miami, Milão e América do Sul, sempre tem um voo muito em conta rolando por aí 🙂 Se você foi sortudo de encontrar, compre e se programa na raça!
  9. SAIBA SEUS CUSTOS FIXOS E VARIÁVEIS: Afinal, você sabe exatamente quanto ganha e quanto gasta no seu dia-a-dia? Você sabe quanto tem que pagar todo mês -estando aqui ou no Japão – e o que é variável? Então, senta e faz conta 🙂 Provavelmente, você vai perceber que aquela viagem dos sonhos está mais perto do que você pensava.
  10. CONFIE QUE VAI DAR TUDO CERTO E SE NÃO DEU – CORAÇÃO ABERTO, MEU POVO! Toda viagem tem imprevisto/cilada/bizarrices que viram história para contar! Passar aperto quando estamos em solo estrangeiro é normal e esquentar a cabeça com isso é perder uma das maiores lições que a viagem nos dá: a de crescermos na dificuldade e de vermos um mundo por outro ângulo! Aproveita e flexibiliza, babe!

Bem, para finalizar, coloco algumas fotos das minhas andanças pelo mundo. E aí, qual a sua próxima viagem? Qual o seu sonho? Espero que vocês tenham a chance de viajar muuuuuuuuito daqui pra frente! Te encontro pelo mundo 🙂 Bjs!

10 dicas para viajar mais
Barbados
10 dicas para viajar mais
Black Beach, Islândia
10 dicas para viajar mais
Muralha da China
10 dicas para viajar mais
Dubai, no topo do Burj!
10 dicas para viajar mais
Santorini, Grécia
10 dicas para viajar mais
Borgonha, França
10 dicas para viajar mais
Ephesus, Turquia
10 dicas para viajar mais
Amsterdam, Holanda
10 dicas para viajar mais
Colonia de Sacramento, Uruguai
10 dicas para viajar mais
Oktober Fest, Munique, Alemanha
10 dicas para viajar mais
Zurich, Suíça
10 dicas para viajar mais
Annecy, Alpes Franceses