Maravilhas da Islândia: Geysir e Gullfoss

Hello, leitores!

Hoje vou compartilhar um pouco mais sobre a minha viagem pela Islândia. Vou falar da maravilhosa cataratas de Gullfoss (se você acha que já viu muita cachoeira na vida, confere as fotos!) e o fenômeno conhecido como Geysir (que originou o nome de todos os geisêrs do mundo!) 🙂

Islândia Golden Circle Geysir00
Eu, passando frio*feliz da vida, no Golden Circle, Islândia

Para saber  sobre a primeira atração do famoso passeio conhecido como Golden Circle, que é o Thingvellir Park ou Parque Thingvellir, acesse o post aqui.

Continuando o roteiro que falamos no post anterior, saímos cedo de Keflavik e seguimos na rota do Golden Circle, passamos pelo Thingvellir Park, comemos em um restaurante delicioso perto de águas termais conhecida como Fontana (outro post) e finalmente, no começo da tarde, chegamos na atração conhecida como Geysir.

Quero ressaltar que as estradas da Islândia são ótimas e se não for por problemas de clima, como tempestade ou nevasca, você vai dirigir tranquilamente na estrada principal do país, a Ring Road e em muitas outras. É claro que um carro 4×4 facilita a locomoção em casos de tempo ruim e lama, mas em geral, achei a estrutura consistente e fina. A Islândia arrasa!

Chegamos no Geysir sem dificuldade, pois existem placas, estacionamento e lojas de souvenirs e informações em cada ponto turístico relevante. E o Golden Circle é a rota mais visitada da Islândia 🙂 Então, quando encontramos as placas do Geysir, nós (e a torcida do Flamengo dos ônibus de turismo) ficamos animadíssimos! Se você não faz nem ideia do que se trata, Geysir é …. (bro geólogo, me ajuda! – enquanto isso copio a wikipedia) “uma nascente eruptiva no vale de Haukadalur, no sudoeste da Islândia, cujo nome deriva do verbo gjósa, “jorrar”, e deu origem ao termo géiser em português. ” . A Islândia é muito massa mesmo!

Geysir Islândia Golden Circle 2
Geysir, Golden Circle, Islândia

Assim que cheguei no ponto onde já dá para ver o fenômeno, fiquei espantada com o número gigante de turistas que se apertavam em torno do grande buraco com água borbulhante. E logo de cara, assustei com a enorme coluna de água que subiu estourando como uma champagne nervosa de pódio de Fórmula 1! Aí o grupo de turistas passou para o próximo “buraco” e nós tivemos a chance de aproximar e esperar ansiosamente pelo próximo “estouro”. (Esta é a minha maneira simplista de descrever a atividade vulcânica e prometo posts mais interessantes, em breve – bro geolólogo, me ajuda mesmo!)

O fenômeno é muito massa e vale a espera. Não existe uma regra básica mas há quem diga que a cada 10 minutos (mais ou menos) tem show rolando! Esperamos um pouco e logo uma bolha azul gigante estourou com uma força descomunal e levantou água por muitos metros! Foi realmente uma super experiência 🙂 Olha aí o processo e a minha cara de felicidade no final:

Islândia Golden Circle Geysir
Geysir, Golden Circle, Islândia – Eu, na expectativa!
Islândia Golden Circle - Geyrsir
Geysir, Golden Circle, Islândia
Islândia Golden Circle
Geysir, Golden Circle, Islândia

Próximo do Geysir, há menos de 50 metros, tem outro gêiser ativo, e algumas outras cenas interessantes: coisas que só se vê na Islândia. O passeio foi bem legal e após algumas fotos curiosas seguimos para a nossa próxima atração do Golden Circle.

Islândia Golden Circle
Geysir, Golden Circle, Islândia
Geysir, Golden Circle, Islândia
Eu e Laurinha – Geysir, Golden Circle, Islândia

E então, seguimos para a tão falada Gullfoss. Sinceramente, eu achei que era muito estardalhaço para uma simples cachoeira. Afinal, quantas cachoeiras fantásticas têm na Islândia… no mundo??! Pensei que Gullfoss seria só mais uma, mas tive que engolir minhas baboseiras quando descemos a longa escada e avistamos a majestosa cataratas de Gullfoss. Devido ao clima, ela estava metade congelada e metade jorrando água, com aquela força descomunal que é tão presente na terra do gelo!

Gullfoss, Golden Circle, Islândia
Gullfoss, Golden Circle, Islândia

A Gullfoss é uma queda de água em um cenário lindo de morrer e o mais massa é que ela muda a cada estação. As fotos abaixo são do final do inverno de 2016. No verão, ela fica totalmente diferente. Quando visitei a Gullfoss, estava uma friaca insana, temperatura abaixo de zero, tempo úmido, chuva fina, neblina e meu joelho doía de chorar, mas o passeio valeu  cada segundo de dor. Viagem boa é assim, quando nem dor nem tempo feio atrapalha 🙂

Gullfoss, Golden Circle, Islândia
Gullfoss, Golden Circle, Islândia
Islândia Golden Circle Gullfoss7
Gullfoss, Golden Circle, Islândia

Gullfoss, Golden Circle, Islândia

Gullfoss, Golden Circle, Islândia

Gullfoss, Golden Circle, Islândia
Laurinha na Gullfoss, Golden Circle, Islândia

Enfim, leitores, para finalizar só posso dizer que eu amei cada minuto na Islândia! E meu marido aventureiro, meu irmão geólogo e a Laurinha (que, assim como eu, tinha o sonho de ir até a Islândia há anos) também se impressionaram com a beleza natural, a estrutura de turismo e a gentileza das pessoas na terra do gelo. Islândia para nós, Iceland para o mundo é, sem dúvida, o lugar mais lindo que  já visitei. E olha que já rodei bastante e já morei em Santorini, nas ilhas gregas! Não me impressiono tão fácil 😉

Por isso recomendo a viagem e ainda vou compartilhar mais dicas interessantes, informações úteis e momentos emocionantes da Iceland com vocês. Fiquem ligados!

bjssss 🙂

 

 

Um comentário sobre “Maravilhas da Islândia: Geysir e Gullfoss

  1. olá, tudo bem? adorei seu blog e estamos indo para Islândia também! essas fotos que vc postou são de q época do ano? estou inseguro com a arrumação das malas!!! vamos dia 18 de agosto Obrigada! Heloisa

    1. Ei Helô, tudo bem? Que bom que gostou do blog 🙂 Fico feliz! Nós fomos em março deste ano, bem no final do “inverno” e ainda assim estava gelado. De -3 a 7! Em agosto é verão, mas ainda assim é preciso de roupas impermeáveis e alguns casacos. O tempo lá muda muito!! Te passo o link com os posts da Islândia, tem lá um exclusivo sobre o que levar na mala! https://lulunopaisdasmaravilhas.com/islandia/ Aproveita muuuito a viagem e depois me conta! bjsss

      1. falei a data errada! rsrs 18 de junho é o embarque! mas essa lista vai ajudar muito, obrigada e depois conto aqui p vc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *