O que levar na mala para Dubai e Abu Dhabi

Queridos leitores,

finalmente chegou a hora do planejamento da minha grande mala para a próxima grande viagem: Emirados Árabes e China. Para não complicar muito as coisas, pensei em fazer duas malas, uma para cada país, pois vamos ficar quase um mês viajando para lá e para cá e eu sei que nem adianta eu me comprometer a fazer apenas uma pequena mala. Isso nunca vai se concretizar porque eu gosto de levar acessórios, make, sapatos e bolsas. Se fosse uma viagem mais “roots” tipo Tailândia ou Vietnã acho até que daria certo levar uma mala menor mas não é o caso. Então, vamos começar com a mala dos Emirados.

o que levar na mala para Dubai

Ficaremos ao todo dez dias entre Dubai, Abu Dhabi e o deserto e o verão vai estar pegando, pelo que vi. Os concierges do hotel já me avisaram que tem horas do dia que não é aconselhável fazer passeio e (sente o drama) estava fazendo 44 graus as 4 da tarde. É tipo o calor do verão das ilhas gregas só que você deve estar vestida como se estivesse na Sultanahmet de Istambul. Desafio or what?

Eu já tenho experiência com países daquele lado do mundo onde grande parte da população é islâmica e eu não caio nessa de que Dubai “é muuuuuito tranquilo para roupas”. Então conversei com vários amigos que já foram para lá e alguns que até moraram por lá e adivinhem? A realidade é escandalosamente diferente para homens e mulheres (e não era de se imaginar?).

Um ponto muito importante e que foi abordado por todos com quem falei é que dentro dos hotéis gigantes e também em muitos restaurantes internacionais é considerado uma “zona livre”, onde é permitido beber bebida alcóolica, demostrar algum carinho (porque em geral beijar na boca é proibido, dizem) e usar roupas “mais normais”. Mas é claro, nada muito ousado. Fora da “zona livre”, Dubai, por mais moderna que possa parecer e é, ainda é um lugar onde a cultura e religião se entrelaçam e se misturam então algum cuidado é necessário para não ofender os nativos. Esse é uma atenção especial que eu gosto de ter onde quer que eu vá: respeito ao local, a população e a sua cultura.

E ainda, quero conhecer o Emirados de verdade, quero ver o que tem atrás da bolha cintilante dos prédios mais altos do mundo, dos mall chiquérrimos e dos restaurantes extravagantes. Quero visitar as mesquitas, os souks e as pequenas cidades ao redor, quero conhecer a cultura, jejuar no Ramadan e quebrar o jejum em um banquete tradicional, quero andar de camelo e deitar nas areias do deserto. Então, minha mala será a mais sortida possível. Eu sei que Dubai tem tudo do bom e do melhor, mas eu me nego a acreditar que é só isso. Assim, quero estar pronta para as aventuras de uma das maiores viagens da minha vida. Vamos lá?

Ta aí as minhas dicas sobre o que levar na mala para Dubai e Abu Dhabi:

1) Lenços: Super importante ter um lenço na bolsa a qualquer momento pois isso vai ser o seu passe de entrada para muitos locais do mundo islâmico. Eu gosto de ter vários, mas para quem quer levar apenas um, a melhor cor é uma neutra como o bege, cor camelo. Fica perfeito no verão, passa uma ideia de sofisticação e vai com tudo.

2) Duas bolsas: a grande, prática e cheia de divisórias e uma pequena para pequenos passeios e noite. Assim, durante o dia dá para você colocar uma garrafinha de água, protetor solar e labial, lenço, carteira, lencinhos umedecidos, óculos escuros, um perfuminho e por aí vai (não vou listar tudo que tem na minha bolsa senão vocês vão me achar louca).

3) Sapatilhas confortáveis, alpargatas, rasteirinha e um salto curinga para a noite. Eu não levo tênis em viagens porque eu nunca uso mesmo, ainda mais com 44 graus na cabeça. Escolhi uma sapatilha linda e clássica preto e branca mais arrumada e ainda vou levar uma muito macia de poá e minha alpargatas da Chanel para bater no dia-a-dia. Uma sandália de couro turca e uma rasteirinha para passear nos hotéis e praias e finalmente, um scarpin nude (não falei que não cabe tudo em uma mala?).

4) Vestidos longos, saias midis em tons neutros, blusas de manga e sem decote, calças soltinhas. Fiquei algum tempo pensando nisso e conseguir criar looks bem modernos e ao mesmo tempo “respeitosos”. A maioria das peças é nas cores nude, camelo, preto e branco, mas juro que não ficou sem graça! Depois vou postar as fotos para vocês.

5) Vestidos lindos e chiquérrimos para os jantares e noites em Dubai, porque é claro que eu também estou super animada para conhecer este lado top da cidade. Nada muito curto nem decotado, mas consegui reunir algumas peças bem estilo glamour das Arábias! kkkkkkk

6) Um casaco fino curinga que vai com tudo. Fui recomendada por todos os amigos sobre o ar condicionado insano dentro dos malls e restaurantes, ainda mais com uma temperatura escaldante lá fora.

7) Acessórios mil: maxi colares, alguns brincos, pulseiras com pedrarias a lá “Jade” e por aí vai. É isso mesmo, eu entro clima e me jogo no estilo.

8) Kit praia arrumado: saída de praia estilosa + biquinis com recortes diferentes e maiôs modernos + óculos + chapéu. Se você não tiver isso no armário não preocupa porque dá para valorizar bem o look beira da piscina e praia chic com os acessórios certos, tá?

9) Camisola bacana e robe novo: gente, é isso mesmo, eu dei um UP no visu para criar um clima de “Mil e uma noites” com o maridão. Loucaaaaaa mas estou super empolgada com a viagem!

10) Não é um item e sim uma dica final. O importante é se sentir bem seja em Dubai, Shangai ou Guarujá, então não leve nada que você odeie só porque acha que vai ser obrigada a usar. Em certos lugares, os turistas têm “carta branca” e escapam do julgamento crítico alheio afinal eles estão trazendo muita grana, certo? Pense nos lugares que você pretende visitar, observe a época do ano e faça suas escolhas, sem medo de ser feliz 😉

No entanto, registro aqui que é um hábito pessoal meu gostar de visitar novos lugares e me misturar o máximo possível com o que ali existe. Para que eu possa carregar nas minhas lembranças tudo que aprender sobre a cultura e o espaço do outro e quem sabe até, deixar um pedacinho de mim para trás.

Mente aberta é a chave da felicidade. Bem como expectativa real e baixa e abertura para viver o que o universo nos oferece. Depois conto para vocês o que usei muito e o que nem saiu da mala. Mil beijos 😉

o que levar na mala para Dubai
o que levar na mala para Dubai

5 comentários sobre “O que levar na mala para Dubai e Abu Dhabi

  1. […] Parte do drama é que vamos pegar o alto verão e todos os amigos consultados já nos informaram que o calor de 40 graus não é lenda, é realidade. E nas Arábias, não importa que o tempo esteja escaldante lá fora, as mulheres ainda têm todas as restrições de vestimentas que já sabemos. Se quiser ler meu post só sobre a mala de Dubai e Abu Dhabi, acesse aqui. […]

  2. se importa em dizer com o que voce gastou la que foi mais caro assim por favor?
    to indo com uma amiga e estamos levando acho que pouco dinheiro mas levamos cartao tbm pra salvar em caso de emergencia.
    dizem que tudo la é caro mas tipo queria saber o que exatamente…comer lá é caro:??
    nao digo em restaurante de luxo, a gente vai buscar mercados ou comida de rua o mais roots possivel pra nao encarecer.

    1. Ei Marilia! Putz nem me lembro de detalhes, mas eu moro em Sao Paulo e achei o mesmo preço de restaurante….nao era tao fácil de achar alternativas….mas acho que se comprar em mercado fica bem mais em conta, sim! Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *