Roteiro para Creta: como explorar a maior ilha da Grécia

Se você acompanha o blog, já deve ter percebido. Eu amo a Grécia! E as ilhas gregas, então…..!

E neste post vou compartilhar com vocês uma sugestão de roteiro para Creta: como explorar a maior ilha da Grécia. Já vou avisando que meu roteiro é nada óbvio e meus passeios são baseados nas minhas pesquisas e não tanto no “obrigatório”.

A primeira coisa que você tem que saber sobre Creta é que ela é a maior ilha da Grécia 😉 São três aeroportos, são mais de 350 praias espetaculares e muitos e muuuuuuitos quilômetros de costa exuberante. Se é isso que você quer nas suas férias, a ilha de Creta é seu lugar!

Mas todo bom roteiro para Creta também deve incluir algumas cidades importantes, e claro, muita história 🙂 se tem uma coisa que faz meu coração bater mais rápido em Creta é a importância história daquele canto do mundo. Me chamem de cafona, eu sou mesmo, mas eu admiro muito a bravura do povo cretense (“aqui não é Grécia, é Creta!”) e sua história de resistência frenética frente aos violentos invasores ao longo de muitos e muitos anos.

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (13)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia

Bom, dito isso, aviso que neste post vou falar do roteiro que fiz em Creta na minha última ida a Grécia. Só para esclarecer, foi minha terceira vez na ilha de Creta, então caprichei para explorar uma parte da ilha que tinha me dado muuuuita mas muuuuita vontade de conhecer melhor nas duas primeiras viagens.

Para os interessados em roteiros para Creta e Grécia, aqui tem mais alguns posts com dicas úteis, histórias curiosas e fotos maravilhosas da ilha de Creta:

Dicas de Creta,  da cidade de Chaniá e da praia de Elafonissi

Dicas de Creta, Grécia: Monastério de Arkadi

Veja Creta pelas lentes de um Fotógrafo de Casamentos na Grécia

Então, vamos à sugestão de Roteiro para Creta!

O meu ponto de chegada em Creta foi cuidadosamente escolhido para que eu pudesse aproveitar o máximo de tempo no lado oeste da ilha, então escolhi chegar pelo aeroporto de Chaniá.

Existem muitos voos bons e baratos no verão e Chaniá é uma cidade mega charmosa com um zilhão de opções de acomodação. 🙂 Mas eu confesso que escolhi Chaniá porque eu queria ficar mais uma vez na região de Akrotiri (isso mesmo, tem Akrotiri em Creta também 🙂 ) e de preferência, colada na praia do Stavrós. Sim, a praia do Zorba! Olha que visual…:)

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (7)
Praia do Stavrós, também conhecida como praia do Zorbás
Roteiro para ilha de Creta na Grecia (6)
Praia do Stavrós, também conhecida como praia do Zorbás

Foi bem na frente dessa montanha que o personagem Zorbás dançou o sirtaki mais famoso do mundo 🙂 mas muito além disso, a praia do Stavrós oferece beleza natural e muita tranquilidade.

Eu amo aquele lugar!

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (3)

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (3)

E a cor da água?? Esta praia é perfeita para crianças e quem gosta de mar calmo.

Então, escolhi a praia do Stavrós para relaxar e curtir um pouco de férias, e foi lá que meu roteiro não óbvio começou. E lá fui eu em busca de programas super especiais na ilha de Creta, na Grécia.

Um ponto turístico super comentado pelos jovens gregos viajantes é o Seitan Limania. Mas quando eu pedi informações aos locais, os moradores de Creta falaram que o lugar é muito pequeno e que dá muito trabalho para chegar lá e por isso, é besteira dedicar um dia para conhecer o Seitan Limania. E como ele fica na mesma região de Creta, resolvi dar uma espiada no local para tirar minhas próprias conclusões.

Minha opinião: o lugar é maravilhoso SIM, e vale aquela visita talvez para ver com os próprios olhos que esta belezura existe. NÃO É FILTRO, GENTE, É DEUS MESMO!

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (10)
Roteiro para ilha de Creta na Grecia: Seitan Limania

Mas também é pura verdade que o local é bem pequeno (a praia é só um pedacinho de areia) e que tem que pegar uma estrada super curvilínea + chegar cedo para ter onde parar + descer uma ribanceira que mal tem trilha marcada= os locais também estavam certos.

Eu não aguentei a caminhada e desisti nos primeiros 10 metros. Mas o lugar é lindo e se estiver passando por lá, vale a visita:

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (10)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Seitan Limania
Roteiro para ilha de Creta na Grecia (10)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Seitan Limania.

Bom, bora para a estrada de novo:)

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (13)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia

A saber: a apenas alguns quilômetros de Akrotiri já se encontra a cidade de Chaniá, e a arquitetura do local é um charme.  E é ali que você encontra muitas tavernas gregas, alguns museus, lojas de souvernirs e moda e artigos de couro tradicionais de Creta. Um programa imperdível é uma caminhada pelo porto veneziano de Chaniá no entardecer.

O pôr do sol é um espetáculo à parte.

roteiro para Creta Grecia (24)
Roteiro para Creta: Chaniá
roteiro para Creta Grecia (24)
Roteiro para Creta: Chaniá
roteiro para Creta Grecia (24)
Roteiro para Creta: Chaniá

E como já falamos neste post, tem muita coisa legal sobre Chaniá, em Creta aqui.

Partindo de Chaniá, decidimos conhecer uma região não muito famosa e não muito comentada pelos brasileiros que viajam: a praia de Frangokastello, na região de Sfakiá, no sul de Creta.

Eu sou sempre aberta nos posts então tenho que dizer que fui lá pensando uma coisa e saí de lá com um nó na cabeça (#whaaaat?). Não é que foi um decepção, foi uma surpresa maluca.

Pois é, coloquei Frangokastello no meu roteiro porque queria visitar o famoso castelo veneziano, construído a beira do maravilhoso mar da Líbia. E check, o castelo estava lá, mas era bem pequeno e meio esquisito. E o mar da Líbia também estava lá, mas esta praia na frente do castelo não chega nem aos pés das outras praias de Creta. E o almoço que fizemos em uma taverna local foi tão estranho que achei que o garçom idoso era um fantasma.

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (13)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Frangokastello
Roteiro para ilha de Creta na Grecia (13)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Frangokastello

No entanto, eu amei o passeio até Frangokastello. Me explico. A estrada que liga Chaniá até a região de Sfakiá é uma bela estrada, pois ela atravessa vários trechos do desfiladeiro de Samaria, um dos maiores da Europa. Outra coisa impressionante foi observar que cada uma das placas nesta estrada estava cheia de furos causados por armas de fogo. TODAS.

No começo, achei isso meio assustador mas depois li sobre o assunto, e entendi que aquela região de Creta é uma das que mais sofreu com as invasões. A marca da violência atrelada à necessidade de sobrevivência dos cretenses ali é bem evidente. Muitas vilas foram desabitadas devida à invasões, brigas de território que rolavam até há pouco tempo. Fala-se de um povo nômade que vive dentro do desfiladeiro, fala-se deles com respeito e medo.

A importância do castelo nunca foi de fato seu tamanho ou beleza. O castelo é um símbolo da resistência, ocupado, destruído e reconstruído ao longo dos anos. Assim como a alma do cretense, o castelo é despretensioso mas secretamente invencível. Quando eu entendi o contexto, eu amei aquele lugar.

Ah, sobre os fantasmas. Testemunhas afirmaram e viajantes malucos vão (anualmente) conferir a procissão dos fantasmas que rola na frente do castelo. Frangokastello é isso: tiros, histórias e muitos mistérios – então tive certeza: o garçom era um fantasma!

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (13)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Frangokastello

Depois que passamos por Akrotiri, Chaniá e Sfakiá seguimos para um dos cartões postais mais impressionantes de Creta: A PRAIA DE BALOS.

Este lugar é impressionante. Todas as fotos do post são SEM FILTRO NENHUM.

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (17)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Praia de Balos

Quando eu lembro do dia que visitei a praia de Balos, em Creta… vem todo tipo de sentimento à tona. O calor era intenso (era final de Agosto, mês mais quente do ano), a caminhada era longa, mas a cor da água em contraste com o solo era tão hipnotizante que foi impossível resistir. Descemos pela trilha. Lá de baixo, bem no meio da praia de Balos, a gente vê o mundo assim:

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (22)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Praia de Balos

E assim:

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (20)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Praia de Balos
Roteiro para ilha de Creta na Grecia (20)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Praia de Balos

E também assim, olhando para o outro lado:

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (20)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Praia de Balos

E ainda um outro ângulo:

Roteiro para ilha de Creta na Grecia (20)
Roteiro para ilha de Creta na Grécia: Praia de Balos

Em uma parte da “lagoa” de Balos, as águas são mornas. Em outra parte, dá para sentir uma corrente mais fria. Em todos os cantos, a praia de Balos é maravilhosa. Eu queria ver o entardecer ali e ainda dormir embaixo daquele céu.

Mas não foi desta vez que vi o céu negro com as estrelas da praia de Balos. E aí eu tive que voltar, assim que o sol ameaçou ficar mais manso 🙁 a caminha da subida foi muito intensa para mim e para muitos outros que tiveram que parar, deitar e ser abanados (hoje eu dou risada, mas no dia quase fiz c***** na calça de tanto sufoco!). Então, se for a Balos, lembre-se de levar muita água para a subida e também coisinhas doces e salgadas (o que melhor funcionar para você) no caso da pressão cair….queria que alguém me desse esta dica (óbvia) antes!

No final, deu tudo certo, e assisti ao pôr do sol da praia de Falasarna – outro super ponto que eu gostaria de voltar e explorar mais (nem tirei foto depois do sufoco kkkkkk).

Então fica a promessa de mais um post sobre Creta para o futuro! Com certeza, ano que vem voltarei lá!

Espero que vocês tenham curtido sobre minhas impressões e dicas de roteiro para Creta, na Grécia! 🙂 Te encontro pelo mundo! Beijos!]

CRUZEIRO DE LUA DE MEL: QUATRO DIAS ENTRE CÉU E MAR (visitando as ilhas gregas…!)

Eu tenho consciência de que minha vida é atípica e eu fiquei quase 30 dias viajando no mês do meu casamento. Consegui ir para a a Grécia bem antes dos quatro dias de festa em Santorini e depois da festança grega, ainda ficamos vários dias a mercê de águas mediterrâneas. Depois de avaliar tudo que valeu a pena e tudo que não foi legal, percebi que um dos pontos altos da minha viagem de lua de mel foi o curto cruzeiro que eu comprei em promoção e sem grandes expectativas, em uma tarde nublada de terça-feira.

Talvez aí esteja o grande segredo, não é incomum que viagens despretensiosas cercadas de baixa expectativa irão nos trazer agradáveis surpresas. Eu bem sei que a idéia de um cruzeiro pelo mediterrâneo já está atrelada a imagens de belíssimas praias, imensidão de águas azuis esverdeadas e muita gente bonita bronzeada mas assumo que isso já é algo comum no meu arquivo de memórias. Depois de tantas idas e vindas entre ilhas gregas e Brasil, eu achei que nada poderia me surpreender em quatro dias de viagem por lugares que eu já passei. Mas, felizmente, eu estava errada.

E a bordo de um pequeno cruzeiro de marca desconhecida, me despedi de Pireus, que é o famoso porto de Atenas e fui para a área externa aproveitar o belo céu azul de agosto ao lado do meu amor. A estrutura do navio contava com pequenas piscinas no alto do último andar e uma grande área de descanso, relax e pura apreciação marítima. Nada melhor do que o vento leve do verão no mediterrâneo batendo no rosto para a gente lembrar que a vida é bela e que o amor é possível.

ilhas gregas

Após poucas horas de navegação, atracamos na famosíssima e badalada ilha de Mykonos e chegamos no porto no final da tarde do primeiro dia animados. Como eu já conhecia bem a ilha, convidei meu amor e alguns amigos para um rápido tour pelo charmoso labirinto de casas brancas, também conhecido como centro da ilha. Depois de nos perdemos algumas vezes nas ruelas de pedestres, finalmente nos encontramos na frente do ponto de táxi e eu pedi, em grego, que o motorista nos levasse para a Paradise, a praia da perdição. E não pense que ela é apenas um reduto de solteiros desesperados por sexo sem sentido, porque ela é perfeita para casais que querem dançar ao som de uma música eletrônica excelente e querem aproveitar o cenário paradisíaco do pôr-do-sol da ilha. E não, eu não consigo pensar em um  nome mais justo e acurado para aquela praia de areias brancas e mar azul sem fim.

viagem Grécia ilha grega Mykonos
Mykonos
Grécia cruzeiro ilhas gregas Mykonos
Mykonos
viagem Grécia ilha grega Mykonos
Mykonos

Voltamos para o navio por volta da meia-noite e dormimos sem nem terminar de rezar o pai nosso, de tão cansados da balada. Relaxamos e curtimos as mordomias do spa até a tarde do dia seguinte, quando o cruzeiro parou na ilha de Patmos. Bem próxima a costa da Turquia, ainda parte da Grécia, Patmos é uma pequena ilha com uma grande relevância: abrigado em uma de suas montanhas, São João escreveu o livro do apocalipse, segundo os historiadores e guias orgulhosos contam. A atmosfera especial da ilha é baseada em mosteiros e riquezas de história religiosas, mas o charme do pequeno porto é perfeito para um casal relaxar e provar o famoso frappé grego geladinho, enquanto espera a hora de voltar a bordo.

E mesmo quando o por-do-sol é visto do mar aberto, é preciso ficar atento a batidas do relógio para garantir um lugar para jantar em um dos deliciosos restaurantes a bordo. Os melhores só têm mesas disponíveis até as 9 da noite e tentar comer bem depois das 10 é uma missão quase impossível. No entanto, todos os tipos de drinks e shots são oferecido a vontade até que o sol se levante no mar novamente e a noite a bordo do cruzeiro pode ser muito mais animada e selvagem do que se imagina. Existem atrações para todos os gostos e enquanto uns assistem espetáculos no palco,  outros dançam ensadecidos nas boates em torres panorâmicas no meio da escuridão azul. Para os noivos, uma boa dose de sono profundo, cadenciado e acariciado pelas ondas do mar foi a melhor e mais sábia escolha.

Na manhã seguinte, atracamos em Kusadassi, cidade da costa mediterrânea da Turquia. Nos primeiros minutos em terra, você já sabe que todos os boatos sobre negociações com turcos são verdadeiros e você provavelmente não vai escapar da clássica visita a fábrica de couro. Tenha paciência, faça sua compras se quiser mas foque na beleza natural e história que Ephesus, uma das cidades mais importantes do mundo antigo, têm a oferecer. O tour é historicamente e visualmente imperdível e uma boa guia vai te transportar até as ruas que Maria, mãe de Jesus, caminhou há mais de dois mil anos.

Kusadassi Turquia
Kusadassi
Kusadassi Turquia Ephsesus
Ephesus
Kusadassi Turquia Ephsesus
Ephsesus
Kusadassi Turquia Ephsesus
Ephesus

A parada é breve e logo seguimos viagem até a fantástica ilha grega de Rodes e tenho que admitir, uma das minhas favoritas de todos os tempos. Rodes abriga no alto de sua montanha a Acrópole de Lindos e se você acha que já viu tudo que há de templo depois de visitar Atenas, confira, com o queixo caído e lágrimas nos olhos, a beleza avassaladora da vista do lugar. Do alto de Lindos, confirmo, mais uma vez, a sabedoria grega para escolher nomes. Depois de belas fotos estilo cartão postal, refresque-se em alguma das muitas e longas praias da ilha ou vá direto para dentro das muralhas procurar por um belo restaurante. Sorvetes deliciosos, ruas milenares e o Palácio dos Grãos Mestres são o combo que você precisa para entender que a Grécia merece um lugar especial no coração dos incansáveis viajantes.

viagem Grécia ilha grega Rodes
Rodes
Rodes
Rodes
viagem Grécia ilha grega Rodes
Rodes
viagem Grécia ilha grega Rodes
Rodes

Mais uma noite relaxando a bordo é uma boa idéia e se o mar estiver revolto e não te deixar dormir, corra para um dos cassinos do navio, onde nunca se sabe se é dia ou noite, se faz sol ou chuva. O giro da roleta logo te fará esquecer o balanço da maré e  o fascínio das luzes reluzentes das máquinas vão te fazer entender por que não devemos nem ter bingo perto de casa.

Na manhã seguinte, Creta nos sorri de braços abertos. O imponente porte da maior ilha da Grécia é grande o suficiente para receber o navio e logo pegamos um táxi em direção ao historicamente imperdível Palácio de Cnossos. Eu, que achava que muito já tinha visto e aprendido sobre terras helênicas, fiquei silenciosa e pensativa enquanto caminhava pelas ruínas da misteriosa e evoluída civilização minóica. Em frente ao labirinto de Minotauro, penso triste e emocionada sobre a nossa fragilidade pois esses seres tão especiais viraram pó frente a força magnânima do tsunami originado pelo vulcão de Santorini.

viagem Grécia ilha grega Creta
Creta
viagem Grécia ilha grega Creta
Creta

Respiro fundo, me reconstruo e fico animada para continuar a viagem pela Grécia, a jornada da minha vida. E é isso, a próxima parada é Santorini, onde tudo começa e termina. E como ex-moradora e noiva da ilha, eu penso como os nativos e entendo que o passado é história e melancolia, o futuro é incompreensível e improvável mas que o presente, bem, ele é uma declaração de amor que Deus nos faz.

viagem Grécia ilha grega Santorini
Santorini