10 motivos para amar Mykonos

Queridos leitores,

estou de volta no Brasil e vocês sabem o que isso significa: hora de organizar as fotos das últimas viagens e escrever os posts mais carinhosos e informativos para vocês 😉

Mais uma vez, tive a oportunidade de passar o verão nas ilhas. Agradeço a Deus todo dia pela minha vida e pela chance de viver entre Santorini e Brasil 🙂 E no último verão, além de visitar Santorini e outras ilhas, voltei para a ilha de Mykonos por mais uma vez.

A sensação da chegada em Mykonos é sempre a mesma: que energia fantástica, eu quero ficar aquiiiiiiiiii!

Mykonos o que fazer (18)
Mykonos, a chegada

Se você acha que Mykonos é só balada, descubra aqui que é muito mais! Se você busca um post com mais informações sobre Mykonos, dicas do que fazer em Mykonos e ainda se você não tem certeza se deve ou não incluir Mykonos na sua viagem pela Grécia, leia aqui: Ilha de Mykonos, vou ou não vou?

E o post de hoje é a minha lista com 10 motivos para amar Mykonos!

Espero que ele sirva de incentivo para que você marquem a viagem até a Grécia e às ilhas gregas! Bora lá?

Motivo número 1) , na minha lista sobre o que eu amo sobre Mykonos:

As praias!

Se toda vez que você pensa em ilhas gregas você se imagina nadando em águas claras, caminhando por areias brancas….BINGO! Você vai amar as praias de Mykonos, pois a costa da ilha toda está cheia de praias maravilhosas com uma super estrutura. E claro, as praias de muitas outras ilhas gregas também são de areias brancas e de mar verde esmeralda, mas é bom deixar claro que a nossa queridinha Santorini não tem praias de areias brancas!

E o combo paraíso natural + super estrutura faz de Mykonos uma das ilhas mais visitadas todos os anos!

Mykonos o que fazer (19)
As praias de Mykonos
Mykonos o que fazer (17)
As praias de Mykonos

Motivo 2) para amar Mykonos:

“Little Venice”

Mykonos o que fazer (4)
Little Venice, em Mykonos

Isso, aquela foto do cartão postal que você já viu. As casinhas beijando o mar, os restaurantes que servem um pouco de tudo e principalmente frutos do mar frescos, ah e claro, o vinho no pôr do sol….. 😉 Nós amamos a Little Venice!

Motivo número 3) para amar a badalada Mykonos

A cidadezinha de Chora

As ilhas gregas “têm essa mania” de ter cidadezinhas fofas que os locais chamam de Chora! Também conhecida como Mykonos Old Town, Chora é um conjunto de ruelas e casinhas brancas, pequenos hotéis, cafeterias e restaurantes, lojinhas de souvenirs e baladas – só que eleva isso a milésima potência em termos de charme e de sofisticação = Chora é a tradicional cidadezinha de ilha grega, só que com a cara (e o preço) de Mykonos.

Mas cuidado, a cidadezinha é um labirinto e é super super fácil se perder e passar mil vezes na frente da mesma loja até achar o seu caminho de volta. E isso é parte da diversão (ainda mais se a gente já “tomou uns golo e já está mais prá lá do que prá cá…).

Mykonos o que fazer (12)
Vista do meu quarto, Chora
Mykonos o que fazer (2)
Vista do meu quarto, Chora

Motivo número 4) para amar a Mykonos dos cartões postais

Os Moinhos

Sim, eles são demais. E a vista de lá é dez também. De perto, eles são ainda mais lindos!

Mykonos o que fazer (3)
Moinhos, em Mykonos

Motivo número 5) para amar Mykonos

A cor das águas

Não tem como ignorar o fato de que as ilhas gregas cíclades são um paraíso natural pra lá de abençoado. A cor da água, geeeeeente, a cor da água é uma coisa que sempre me impressiona em Mykonos. Sabe aquela que a gente fala: “a água era transparente!”…? Pois é, isso nas ilhas gregas é lei. Em Mykonos, ela é transparente e ainda azul turquesa/verde ou algo assim 😉

Mykonos o que fazer (1)
Praias de Mykonos

Motivo número 6) para visitar Mykonos

O fácil acesso!

Mykonos o que fazer
Cruise Map, Mykonos

Você pode chegar de barco direto de Atenas, em uma viagem relativamente curta. No verão, são muitos voos que chegam da Europa toda 😉 E quase todos os cruzeiros passam por lá. Motivo número 7) para colocar Mykonos na sua wishlist:

O pôr do sol é um super evento.

Eu sou um pessoa obcecada por pôr do sol. E faço questão de assistir o espetáculo do sol se pondo todos os dias (possíveis) da minha vida – ainda mais nas ilhas gregas! Então posso falar que o pôr do sol em Mykonos é um show a parte. E dá para escolher onde assistir, são várias opções que vão atender todos os bolsos e gostos.

Mykonos o que fazer (2)
Pôr do sol em Mykonos

Motivo número 8) para amar Mykonos:

O céu após o por do sol é inesquecível.

Para, respira, agradece a Deus e segue em diante. Sua vida nunca mais será a mesma!

Céu em Mykonos

Motivo número 9) para amar Mykonos

A atmosfera de liberdade

Aquela ideia “quer ficar pelado, fica – quer ficar de roupa, OK” é uma fator que me faz curtir a atmosfera de Mykonos. Não que eu caminhe pelada por aí, mas gosto da ideia de vários seres humanos em uma praia e cada um curtindo da maneira que mais lhe agrada 😉

Mykonos o que fazer (14)
Eu, feliz da vida, em Mykonos 🙂

Motivo número 10) para amar Mykonos

As Baladas

É lá que você vai poder participar de muitas das festas mais sensacionais das ilhas gregas! Se você curte “o dia”, os beach bares da famosa Paradise e da Super Paradise são seu destino. Se você curte “a noite”, opções também não vão faltar.

Queridos, tudo que escrevo aqui é fruto da minha experiência, ok? Não sou especialista de viagem em Mykonos e nem pretendo afirmar que o que disse aqui é tudo sobre o assunto. Só penso em dividir um pouco do que aprendo pelas minhas viagens e espero inspirar todos vocês para este destino maravilho:  Mykonos e as ilhas gregas! Se quiserem comentar e acrescentar dicas, sejam bem vindo!

Mil beijos!

Mais informações sobre Mykonos aqui.

O que levar na mala para a Grécia? Dicas para o Inverno!

Muitos de vocês me pediram este post e la vai:  O que levar na mala para a Grécia no inverno? Como fazer a mala de inverno para a Grécia? O que levar e o que deixar de fora? Todo mundo sabe que a Grécia é o destino perfeito para férias de verão, né?! Mas Atenas, o continente e até algumas ilhas gregas escondem surpresas maravilhosas também no inverno!

o que levar na mala para a Grécia Inverno (1)
o que levar na mala para a Grécia Inverno

É claro que cada pessoa tem seu estilo e o melhor é adaptar as dicas abaixo para seu gosto 🙂 Tem gente que é mais básica, gente que é mais perua (#eu), alguns focam em conforto e outros em estilo. Mas como é uma mala de inverno, gente, temos que focar em não passar frio, tá?! Eu dei uma olhada na previsão do tempo e para janeiro e fevereiro, estamos esperando de 0 a 15 graus celsius. Pode nevar, pode ter tempestades e nas ilhas, o vento é garantido – OU SEJA: frio!!!

Por mais que a Grécia não tenha um inverno tão rigoroso quanto outros países da Europa (hello ano passado que fomos para a Islândia kkk), ainda pode ser bem fria. Os dias de céu azul e sol são prováveis mas o vento gelado também é 😉 então é melhor estar preparado. Como eu viajo bastante, já criei minha metodologia para fazer malas  – sem muito sofrimento e confusão – :). Ta aí alguns vídeos com dicas para fazer mala (tem vídeos antigos, piada total!):

10 passos para fazer mala 

como fazer mala para as ilhas gregas

o que levar na mala para a Grécia – sapatos

o que levar na mala para Grécia – acessórios!

10 itens importantes para um destino gelado!

E chega de conversinha, vamos ao assunto deste post 😉

O que levar na mala para a Grécia no Inverno?

Vou compartilhar as dicas que funcionam para mim:

 Casacos grossos estilosos são meu ponto de partida para arrumar a mala (ah, e já tira o que vai usar na viagem)

E mesmo que você só vá levar um ou dois casacos grossos, já escolhe o mais pesado para ser o que você vai levar a bordo no avião – menos um volume gigante na mala 😉 Como a minha viagem é longa e cheia de eventos importantes, estou levando um casacão preto mais chic + um casacão marinho perfeito para todas as ocasiões + um casaco peludo de onça curto estilo bomber para o dia-a-dia + um colete mais esporte com gorro bem quentinho +  um casaco mais curte bege para o dia-a-dia.

(ta, sei que sou exagerada 😉 mas são muuuuuuitos dias kkkk)

O que vai embaixo do casaco – o próximo passo é definir os looks e já colocar montado na mala

Eu gosto de pesquisar as tendências de inverno nos blogs e instagrams da gringa antes de fazer a mala, porque em 90% dos casos a gente tem todas as peças no armário, só que a gente não percebeu porque está com cabeça de verão aqui no Brasil! Aí, com várias ideias de looks estilosos na cabeça, eu já escolho os looks  e já coloco eles montados na mala 😉 Isso evita aquela sobra bizarra que quase toda mulher leva e nuuuunca usa. Basicamente: uma camiseta + calça + um blazer (já coloco tudo junto) e claro, depois vou jogar com o casacão e acessórios.

As calças que vou levar na mala para a Grécia – vá prevenida

Gente, frio da Europa para nós, brasileiros, é frio muito frio! Não adianta achar que vai usar vestidinho, saia e meia calça – isso é mais para outono do que invernão mesmo! Ou no máximo, vale colocar um ou duas opções de vestidos na mala para o dia que for jantar em um lugar fechado e quentinho ou for na bouzokia 🙂 Então, basicamente, considere que as calças são peça-chave de todos os looks. Calças pretas de diferentes estilos, legging grossas, jeans escuros e calças mais grossas quentinhas (vale levar uma ou outra de lã/moletom/sport).

E leve calças confortáveis, porque embaixo delas é bom colocar uma meia calça ou uma calça térmica

Mesmo que o modelo seja skinny, aquelas calças mais justinhas no comprimento todo, é bom você experimentar para ver se vai ficar confortável se você precisar colocar uma meia calça. É uma maneira fácil de se esquentar e mesmo se sua calça for aquela com alguns rasgos, tem umas fashionistas usando meias pretas quentes embaixo dos jeans rasgados 😉 aí é gosto!

Sim, leve uma calça térmica (que é tipo uma legging mais fina), ou melhor, um conjuntinho térmico

Descobri a existência dessas maravilhas da humanidade (os conjuntinhos térmicos), no inverno passado quando fomos para a Islândia – e usei esses conjuntinhos tipo todos os dias da minha vida! Se você não faz muita ideia do que estou falando, dá uma olhada rápida nesse post: o que levar para um destino gelado. E o melhor, dá para comprar esses conjuntos no Brasil, por um preço ótimo! Vou levar três conjuntinhos nessa viagem – qualquer coisa vou lavar a subaca na pia do hotel e repetir no outro dia kkkkkkkk #perua_sim_mas_sem_frescura

Meias de lã, golas de lã, gorros quentinhos, luvas (aquela que dá para usar o celular – touch especial)

Não sei se vai ser para tanto frio. mas estarei preparada! As meias de lã são boas porque dá para usar com as calças naquele dia que você não está afim de colocar a calça térmica – porque só de estar com os pés quentinhos, você já fica mais feliz 🙂 As golas de lã eu sempre uso: vou levar uma preta e uma bege –  e os gorros eu também gosto bastante: levo um preto e um branco.

O que levar de calçados para o inverno da Grécia

Estamos na fase do tênis e provavelmente você sabe disso. Então é legal levar um par de tênis estilosos para os dias de caminhada pesada, mas é claro, vamos aproveitar para tirar as botas lindas do armário para desfilar por Atenas 😉 Como é meio tenso levar um bota gigante (over the knee) na mala, vou levar botas de neve que são quentinhas, pequenas e maleáveis (pretas), uma par de sapatinhos baixos, uma bota para caminhada pesada (aquelas de tracking estilo da timberland) e uma bota estilosa para sair a noite  (com um saltinho).

O que levar de acessórios para o inverno da Grécia

Um óculos de sol, para os dias de céu azul, de preferência aqueles mais escuros, os pretos ou marrons 😉 (deixe os coloridos para o verão!)O mínimo de jóias e bijuterias, mesmo porque quase nada aparece embaixo dos casacões.   Aposte em poucos anéis, e brincos pequenos. A parte de maquiagem e produtos de beleza deve ser simplificada também, leve o básico e de preferência em tamanho pequeno. É importante não esquecer do protetor solar de rosto e um creme noturno para hidratar a pele, já que o vento e  frio deixam tudo muito ressecado. É bom levar uma bolsa pequena para sair a noite e uma média para poder colocar camêra, livro, carteira, etc 😉

E aqui vão as dicas finais:

  • não leve muitos sapatos nem acessórios demais
  • se você vai para o norte, vai precisar de mais agasalho, com certeza! Pesquise a previsão antes!
  • não vá com a mala lotada – calcule o espaço que você quer deixar para o que vai comprar lá 😉
  • pense nos extremos: tenha opções que podem ser usadas se fizer um frio inesperado ou calor inesperado
  • não leve pijama grosso, pense em usar o conjuntinho térmico para dormir (se você tiver mais do que um, é claro)
  • se você está em dúvida se leva ou não leva : NÃO LEVE – a chance de você usar é pequena!
  • tenha pelo menos um calçado que pode ser usado na chuva
  • em casos extremos de muita coisa para pouca mala, tente usar a técnica da embalagem a vácuo para os grandes casacos (já fiz isso, mas fica beeeeeem pesado e tem que levar a bombinha para tirar o ar quando for colocar o casaco de volta na mala #trampo)

No mais, boa viagem! Espero que tenha ajudado vocês 😉 Mandarei mais notícias em breve!!

Beijos!

o que levar na mala para a Grécia Inverno (1)
o que levar na mala para a Grécia Inverno

Como são as Praias de Santorini, na Grécia?

Queridos leitores,

Vocês sabem que eu sou de família grega, morei em Santorini e casei em Santorini 😉 Frequento a ilha de Santorini há 10 anos! UHu 😉 Então recebo muitas perguntas sobre as Praias de Santorini, principalmente dos leitores queridos que querem ir para a Grécia.

Os viajantes que pensam em ir para a Grécia pela primeira vez sempre querem conhecer Atenas, Mykonos e Santorini, certo? E já conversamos aqui bastante sobre as vantagens e desvantagens de fazer a viagem para a Grécia baseada nesse trio famoso 😉 Se você ainda não sabe se Mykonos é “a sua praia”, dá um corridinha no post Ilha de Mykonos, vou ou não vou?. E se você ainda não está convencido sobre a necessidade de uma viagem para a Grécia, clique aqui para ver muitos posts sobre viagem para a Grécia!

Bom, agora vamos falar das dicas e informações sobre as praias de Santorini. Fiz este post com muito carinho, respondendo as perguntas que vocês me mandam sobre as praias de Santorini 💙 “Lulu, tem estrutura nas praias? Que eu levo na bolsa? Quanto custa? Onde ir, onde comer, só tenho 3 dias…..” e por aí vai….!💗 então, papel e caneta na mão 🇬🇷 Todas as melhores dicas sobre as Praias de Santorini! Onde ir, o que levar, quanto custa e mais 😍💙💗🇬🇷💖💟 Espero que vocês aproveitem as dicas de Santorini! 

Organizei o post com 10 dicas  sobre as praias de Santorini e depois tem o vídeo completo, ok?

  1. Não espere areias brancas e praias tradicionais brasileiras como Bahia e etc 🙂 Também não tente comparar Santorini com Mykonos, Milos, Ios, Zakynthos e outras praias gregas pois Santorini é um vulcão e suas praias são pedras pequenas e lava. Super diferentes mas igualmente maravilhosas 😉
  2. Entenda que a caldeira é aquela parte da meia-lua que fica de frente para o vulcão e lá tem mar mas não tem praia. Ou seja, as famosas vilas de Fira e Oia (Ía) não tem praia!
  3. As melhores praias de Santorini ficam no sul da ilha e no lugar de areias temos pedras! De várias cores 😉 Mas em alguns pontos as pedras são tão pequenas que são “quase estilo areia”, vai….Algumas praias são ligadas por barquinhos 😉

    Dicas praias de Santorini
    Praias de Santorini, Grécia
  4. As praias que você precisa conhecer podem ser divididas em 3 grupos: as negras, as brancas e a vermelha. Vamos lá:

    Dicas praias de Santorini Grécia
    Praias de Santorini, Grécia
  5. Praias de Areias Negras 🙂  Temos  como as principais praias de Santorini as praias de Perissa, Perivolos e Kamari. Minha sugestão: Perisssaaaaaaaaa – é a que eu mais gosto 🙂 descubra por que no meu vídeo Dicas sobre as Praias de Santorini . Mas apesar do meu bairrismo, todas as três praias citadas são excelentes e tem uma ótima estrutura: restaurantes, hotéis, tavernas e lojas de souvenirs. Se você procura beach bars, vá para Perissa ou Perivolos.

    Dicas praias de Santorini Grécia
    Praia de Kamari, Santorini
  6. Praias Brancas, e aí começa uma boa polêmica. Cada nativo e cada marketeiro vai colocar o nome de tal praia de “branca” mas a verdade é que tudo que não é praia negra como Perisssa, é meio branca e elas estão localizadas em algumas partes da ilha. Um excelente exemplo de praia branca é a Praia Eros, do beach bar Theros, que tem uma excelente infra e é um local maravilhoso para passar o dia em Santorini. Outra sugestão é a praia de Vlyxada ou do Limanaki.

    Dicas praias de Santorini Praia Vermelha
    Vlyxada, Praias de Santorini, Grécia
  7. A famosa Red Beach, a Praia Vermelha de Santorini é um dos meus locais favoritos no mundo. Mas eu sou uma pessoa estranha e não vá até lá com enormes expectativas de passar o dia na Praia Vermelha, e do vermelho ser cor de vermelho sangue, tá? A Praia Vermelha é uma perfeita amostra do que é Santorini: selvagem, instável e maravilhosamente bela. As fotos não conseguem, nem de longe, tramsitir a atmosfera do local. Dica: vá de manhã, bem cedo, ou no final do tarde, apenas para ver o local e tirar algumas fotos. Evite o meio dia e os ônibus lotados de turistas chineses #nadacontra

    Dicas praias de Santorini Praia Vermelha
    Praia Vermelha, Santorini, Grécia
  8. Outras praias em Santorini que valem uma visita: a praia da caldeira ou Caldera Beach, para uma visita tranquila, para um café frappé gostoso ou para um mergulho. E a Praia de Monolithos, para comer no restaurante que eu amo – Mario’s .

    Dicas praias de Santorini Grécia
    Caldera Beach, ilha de Santorini, Grécia
  9. Não deixe de conhecer os beach bares tops de Santorini: Demilmar, em Perissa, JOJO e Chili em Perivolos, Theros em Vlyxada. Comida boa, música excelente e muita animação na alta temporada!
  10.  E digo mais, se você vai fazer a viagem para a Grécia na alta temporada, pense em ficar hospedado em Perissa 😉 onde tem um centrinho com lojas, restaurantes, e tudo que você precisa e o melhor, tem alquela praia maravilhosa 24 horas por dia! Ah, e os preços são muito mais atrativos do que os hotéis da famosa Fira e Oia. Eu, todo ano, fico hospedada em Perissa!

Aqui posto para vocês o meu vídeo do Youtube com Dicas sobre as Praias de Santorini, Grécia! Tem muitas outras informações sobre a minha ilha favroita nesse mundo, Santorini 🙂 Espero que vocês curtam o post e o vídeo e que possa inspirar muitas viagens para a Grécia! Mil beijos!

Dicas de Creta, Grécia: Monastério de Arkadi

Queridos leitores,

Hoje vou falar para vocês um pouquinho da minha visita no Monastério de Arkadi, que fica próximo a cidade de Rethymno, em Creta.

E só para citar uma coisa muito interessante que aprendi é que Monastério é uma palavra que vem do grego (é claro!) Monasterion, que quer dizer “lugar de viver sozinho” – já que monos é sozinho. Muito legal, né?! Para quem vai visitar a região e quer uma informação mais específica, o Arkadi fica no lado oeste da grande ilha grega de Creta, a 23 quilômetros de Rethymno.

Uma pequena introdução sobre Creta

para quem caiu de paraquedas no blog:

Minha viagem até Creta, na Grécia foi maravilhosa e muito inspiradora e agora começo a compartilhar com vocês tudo que aprendi. Me deparei com muitas dúvidas quando estava progamando a viagem, afinal Creta é uma ilha enorme,  e com uma lista infindável de coisas legais para fazer. Para quem curte praia, em Creta tem várias lindas, selvagens e supreendentes e outras tantas com estrutura moderna e resorts enormes. Para quem curte história e cultura, Creta oferece uma lista de passeios, museus, e monumentos históricos que emocionam por sua riqueza cultural e relevância na história da Grécia.

Tenho muito a dizer sobre aquele canto da Grécia porque o povo de Creta me conquistou por inteiro!

E vocês sabem que eu falo demais – 😉  – então podem aguardar que vai ter post de tudo que é assunto, dicas e informações sobre viagem para Creta, na Grécia. Se você quer ver um apanhado geral vai direto no meu vídeo do Youtube O que fazer em Creta, clicando aqui.

Agora, sobre o Monastério de Arkadi – eu achei o local lindo – lindo mesmo!

Cheguei lá sem esperar nada (talvez esse seja o segredo da vida, né? expectativa zero ;)) e me impressionei quando vi quantos ônibus de turismo estavam estacionados. What? Só eu que não sabia que este lugar mágico existia? Por que os brasileiros não falam desse lugar? Como podemos vir até Creta e perder uma visita nesse lugar tão especial?

Então, como eu descobri sobre o Monastério de Arkadi, em Creta?

Vocês já sabem que eu trabalho com Casamento em Santorini (Lulu, resume, vai..!) e por isso conheço muitos profissionais gregos nativos e eles se tornam amigos, sempre me dão dicas, informações novas e é um grande prazer conviver com eles e suas famílias. Estava em Creta conhecendo a ilha e tive a sorte de fazer um ensaio fotográfico com o excelente fotógrafo Ben Rigas lá no Monastério de Arkadi, acreditam?

E é isso que apresento para vocês agora: imagens maravilhosas de um dos meus ensaios em Creta, e e fotos belíssimas do Monastério de Arkadi. Abaixo, também dou algumas informações super interessantes sobre o local e alma forte do cretense 😉

O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta
O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta

O que vemos no Monastério de Arkadi?

Uma combinação de construções com estilo veneziano, renascentista, porque Creta foi por algum tempo parte da República de Veneza. É um monastério ortodoxo, um templo para estudo de ciência e arte, mas mesmo e apesar das muralhas e do Monastério parecer uma fortaleza, ele foi conquistado, destruído e reconstruído várias vezes, a cada invasão e dominação (vocês sabem que esta região viveu momentos turbulentos pesados, né?).

A informação que mais me chamou atenção é que o Monastério de Arkadi é atualmente um santuário nacional em honra da resistência cretense, pois foi um dos pontos mais relevantes de resistência contra a ocupação otomana. Diz a lenda, que cretenses se refugiaram no local (a maioria eram mulheres, crianças mas havia resistentes também) mas depois de três dias de combate (os otomanos estavam em número bem maior), os cretenses explodiram os barris de pólvora e todos os ocupantes morreram. Eles preferiram o sacrífico ao invés da redenção.

Isso não resolveu o conflito, mas chamou a atenção do mundo para a coragem e a bravura do povo de Creta, que lutava desteminadamente – até o fim – em nome de sua independência. Isso faz a gente pensar, né?! E se você viu ou leu a obra mundialmente conhecida como “Zorba”, deve se lembrar que uma das características mais marcantes do personagem Zorba era o espírito livre. “Vou trabalhar para você, mas no meu tempo livre, eu sou o meu chefe, Zorba fala logo no começo de sua história.

Finalmente, queria deixar uma pequena passagem para meus amigos gregos

Eu sei que eles leem o blog traduzido pelo Google 😉 O que mais me admira no grego e o que mais me deixa orgulhosa de ser metade grega é a sua lealdade – seja pela palavra dita, pela relação aceita, pela honra de ser quem é, pela família que o criou, pela vila que o recebeu, por Deus, que lhe deu a vida. A lealdade dos gregos é – na minha opinião – a característica mais marcante e ela está presente em cada cantinho de história na Grécia. Creta, um lugar que eu aprendi a amar tanto quanto minha querida Santorini, mostra isso o tempo todo, em cada esquina, em cada olhar. Os gregos são leais, mesmo que leais ao que eles acreditam, ao que entendem da vida. Podem estar em desacordo com o resto do mundo, mas estão de acordo com aquilo que são. São leais a sua essência. E isso não é admirável? 

Bom, desejo a todos um excelente final de semana – planejando viagens, ou descansando, ou lendo um bom livro 🙂 Um que seja cheio de cultura, história, bravura, paixão, amor pela Grécia e alegria! 😉 Bravo Ellada, mais uma vez a Grécia me deixa orgulhosa!

Abaixo mais algumas fotos de Ben Rigas 🙂 Beijos, amigos!

O que fazer em Creta Grécia
Monastério de Arkadi, Creta
O que fazer em Creta Grécia
Monastério Arkadi, Creta!
Dicas de Creta
Lulu em Creta, Monastério de Arkadi

Todas as contradições de uma vida na ilha grega de Santorini

Sobre as contradições que envolvem uma vida em Santorini
Quando piso em Santorini, meu coração se alegra, pula entusiasmado assim que enxergo o vulcão. E no segundo seguinte, ele se quebra, espatifa em mil pedacinhos porque me lembro que a vida aqui pode ser boa, maravilhosa, mas que na maioria das vezes é muito difícil se comparada a vida em outros cantos do mundo. Minhas amigas do Brasil vivem a perguntar: “não quer voltar a morar em Santorini?” enquanto minhas amigas gregas que moram aqui dizem “Ainda bem que você foi embora! Queria ir também! Ver o mundo, viver a vida…aqui é difícil, você sabe como é.”

Sim, eu sei como é. Senti na pele todas as dificuldades que os turistas nunca poderiam imaginar, ouvi coisas que quem sonha em morar em Santorini nunca aguentaria ouvir. A vida aqui é dura, gente, e conviver com as peculiaridades das tradições locais e com as limitações malucas de uma ilha que na verdade é vulcão no meio do mediterrâneo não é mole!

Mas ainda assim, digo sem pensar duas vezes: Amo Santorini e vou voltar sempre que puder 😉 Amo o cheiro da ilha, que as vezes é um aroma de comida saborosa nativa, (tomatokeftedes, amo!) e outras vezes é o cheiro forte do fogo, da brasa, que queima nas varandas das vilas traidicionais ou nas praias, quando os nativos fazem seus churrascos santorinhós. O cheiro do vulcão, da caldeira de Fira, da praia de Perissa me acompanha, enquanto a música de Santorini faz sua parte para tornar o cenário o mais louco e mágico possível. O Rádio toca as canções mais sofridas da Grécia, mas só toca quando quer, porque o sinal não é constante. Já a música inebriante e romântica da caldeira embala os corações apaixonados, em jantares sofisticados e vistas de arrepiar. E claro, falando em arrepio, lembro-me do barulho assustador e altamente familiar que rompe as noites do sul da ilha, seja na praia de Perissa, Perivolos ou Agios Giorgis, ou na vila de Eborío ou Megalochori. O Vento que leva tudo, derruba as cadeiras e faz a gente acordar no meio da noite achando que o mundo vai acabar antes do amanhecer. Enquanto isso, a neblina cobre a lua cheia na vila de Firá e cenário mais belo e assutador não há! E se não temos terremoto hoje, vamos curtir, porque amanhã – só Deus sabe!

É essa Santorini que eu amo: a Santorini das contradições, dos locais mágicos e românticos, dos nativos tradicionais e complicados, das limitações e vistas maravilhosas. Um lugar onde o belo e o feio se trombam e se encontram a cada minuto é exatamente onde eu sinto EU. Afinal, para quem é metade grega, metade brasileira, nada mais apropriado do que um lugar que se aproxima e se afasta a cada instante, num bailar eterno das placas tectônicas!

E Deus sabe o que faz, como sempre 😉 Se fosse fácil viver em um local mágico como esse, o mundo inteiro mudaria pra cá 😉 Mas as maluquices de Santorini são para poucos e quando o verão vai embora, os que só querem ver o lado belo da vida, também vão. No inverno, ficam os loucos, os passionais, os insanos, os que entendem a beleza negra da ilha de Santorini!

Ella Santorini – Sagapau Poli kai ego eimai palli! 😉 Algumas fotos novas para vocês entrarem no clima!

vida em Santorini
Lulu em Santorini

vida em Santorini

vida em Santorinivida em Santorini

Três hotéis maravilhosos em Santorini!

Queridos leitores,

muitos de vocês me pedem sugestões de hotéis bacanas em Santorini! E hoje vou falar de três hotéis em Santorini que conheço e que gosto muito! Conheço as instalações, gosto dos donos e aprovo a localização, então posso falar sem enrolação. Se você sempre sonhou em ir para Santorini para ficar de frente para aquele mar azul de tirar o fôlego, este post é pra você 🙂 E se você quiser ver mais ideias de preços e sugestões, corre aqui e dá uma olhada no post 10 hotéis bons e baratos em Santorini!

Então, vamos lá: três hotéis maravilhosos em Santorini!

  1. Galaxy Suites  – site http://galaxysuites.gr/

Se você quer sentir o gostinho do turismo de luxo em Santorini, procure um lugar maravilhoso na caldeira de Imerovigli e adicione excelente serviço. Quarto com varanda na caldeira? Tem. E uma hidro nesse terraço pendurado no lugar mais privilegiado do mundo? Tem também 🙂 Quebra o cofrinho porque acordar nesta localização vale cada centavo de euro! 🙂

hoteis em Santorini galaxy suites
Quarto no Galaxy Suites
hoteis em Santorini galaxy suites
Varanda no Galaxy Suites

O Galaxy Suites fica em Imerovigli, uma região bem tranquila, distante da muvuca agitada de Fira, mas há apenas 10 minutos de carro de lá 🙂 E ainda, eles têm opções super especiais para casais em lua de mel ou em busca de romance. Adoro! Fiz um ensaio de fotos sensacional no Galaxy Suites e posso falar? O azul com branco me encanta!

Fotos de Bianca Ramos

hoteis em Santorini galaxy suites
Galaxy Suites, em Santorini
hoteis em Santorini galaxy suites
Galaxy Suites, em Santorini
hoteis em Santorini galaxy suites
Entrada em Imerovigli

Outro hotel em Santorini que eu amo é o que escolhi para me hospedar durante dois verões seguidos e ainda colocamos mais de 80 amigos nele, na viagem do nosso Casamento em Santorini! É o Kalisti!

2) Kalisti Hotel! – Site http://www.kalistihotel.com/en/

Primeiro tenho que dizer que amo a família dona do hotel 😉 E que eles foram mais do que carinhosos no nosso Casamento em Santorini e deram atenção total a cada um dos nosso convidados. E acima de tudo, eles foram flexíveis, pacientes e super prestativos a cada pedido maluco que a gente fazia. 🙂 A área externa, a piscina e o bar do hotel são demais!

Hoteis em Santorini Kalisti Hotel
Kalisti Hotel, área externa

hotéis em Santorini Kalisti Hotel,

casamento em Santorini
Área externa do Kalisti Hotel

O Kalisti Hotel fica super bem localizado na rua principal de Fira – imbatível! E, por incrível que pareça, o hotel é silencioso e super tranquilo para ficar durante o dia e a noite. Se você se hospedar por aqui, carro será uma opção, porque o Kalisti está há poucos metros das estações centrais de ônibus e táxis e ainda a 2 minutos da caldeira de Fira, a capital de Santorini 🙂 Restaurantes, bancos, salões, lojas farmácias, bares e baladas a poucos passos do hotel – repito: localização imbatível!

Fotos do meu Casamento em Santorini, de Bianca Ramos

Hoteis em Santorini Kalisti Hotel
Entrada do Kalisti Hotel

hotéis em Santorini Kalisti Hotel,

hotéis em Santorini Kalisti Hotel,

Bom, o próximo hotel que quero apresentar para vocês fica localizado em outra parte da ilha: em Akrotiri!

3) Cavo Ventus Luxury Villa – site http://www.cavoventus.com/

Pensa luxo…agora eleva ao quadrado! O Cavo não é um hotel do tipo que você aluga um “quartinho”, ele é uma ” luxury villa” com dois super quartos mega sofisticados, dois banheiros, uma cozinha completa, uma super sala, terraço de babar com piscina particular – hello, borda infinita. Gente, dá para fazer jantar ao ar livre no seu terraço aff 🙂 e até fazer uma festinha maravilhosa, com aquela vista! Coisa de gente muito fina 🙂 Brincadeiras a parte, o Cavo é uma experiência maravilhosa e além de tudo, tem pessoas muitos especiais e atenciosas comandando o hotel. Uma experiência mágica em Santorini!

Ele é perfeito para quem quer privacidade e pode acomodar até 4 pessoas. Fotos do site 🙂

Cavo Ventus Villa Hoteis em Santorini
Cavo Ventus Villa
Cavo Ventus Villa Hoteis em Santorini
Cavo Ventus Villa Hoteis em Santorini
Cavo Ventus Villa Hoteis em Santorini
Cavo Ventus Villa Hoteis em Santorini
Cavo Ventus Villa Hoteis em Santorini
Cavo Ventus Villa Hoteis em Santorini

Espero que vocês tenham curtido as minhas sugestões! Se quiserem outras sugestões de hotéis em Santorini ou em alguma outra ilha grega, mande  um email para roteirogrecia@gmail.com ou acesse http://www.roteirogrecia.com/

Quer ir para a Grécia? Saiba os preços!

A Grécia é um sonho para quem gosta de viajar. É mais barata do que grande parte da Europa, tem comida boa igual a França, festas animadas como Ibiza, lugares tão românticos como Veneza 😉 E o melhor de tudo: a Grécia tem as incomparáveis ilhas gregas. E a cidade mais deusa do mundo: Atenas!

viagem para a Grecia preços

ilha de Santorini dicas

Meu destino favorito desde sempre (e olha que eu viajo bastante), é bem mais fácil viajar na Grécia do que se imagina 😉 Hoje as pessoas que trabalham no comércio voltado para os turistas falam inglês e viajar de barco é bem mais barato e fácil do que se espera! Mas se ainda assim você tem receio de entrar em um avião em Guarulhos e descer em Atenas (sem nem mencionar a conexão em algum canto da Europa), uma ótima opção é contratar o serviço todo aqui do Brasil.

Já tem mais de um ano que eu estou organizando as minhas viagens com um agente chamado Tiago, do Viagem Perfeita, eu estou bem satisfeita com o resultado. Assim, pedi para ele fazer uma cotação completa de alguns dias na Grécia, já que muitos de vocês me perguntam por email e mensagens. Vocês vão ver que não precisa ser milionário para ir, tá?! É só se programar. Se você prefere viajar solo e tudo que precisa é de se organizar, o Tiago pode pesquisar passagens e hospedagem, porque o tempo, minha gente, é nosso bem mais valioso hoje em dia. As promos das passagens estão aí, mas não é sempre que a gente está online quando a oportunidade surge! E quanto aos hotéis, como escolher uma opção que cabe no seu bolso e está bem localizada, segura, fresquinha e limpinha? Não é sempre que consigo ter essa certeza pelos sites, então um agente ajuda muito nessa hora também. E o melhor: deu pepino em algum passeio, deu stress no hotel, o tempo fechou e o avião não vai voar? Liga para o agente que ele te salva!

Bem, vou deixar o email do Tiago aqui para vocês entrarem em contato diretamente: viagemperfeita@ig.com.br.  Aliás, se puderem ser gentis comigo, avisem para ele que acharam o contato no meu blog (da Lulu, da Luana da Grécia, da Luana grega, da Luana Sarantopoulos, etc) 🙂 Eu indico de coração mas qualquer ajuda de divulgação do blog é mega bem-vinda!

Então, vamos a sugestão de roteiro e aos preços? Lembrando que esta é apenas uma das muuuitas opções de viagem para a Grécia que o Tiago indica. Escolhemos um roteiro que inclui Atenas e Grécia Clássica e ainda um cruzeirinho pelas ilhas mais top, sensacional! Se você não sabe nada sobre a Grécia, leia meu post Cultura, balada ou romance: qual é a sua Grécia?, clicando aqui.

Dia 1: chegada em Atenas e tempo livre

Dia 2: ATHENAS – KAMENA VOURLA – KALAMBAKA

Saída no começo da manhã rumo ao norte da Grécia. Parada em KAMENA VOURLA, bonito centro turístico junto ao mar, entre magníficas paisagens. Continuação da viagem a KALAMBACA, chegada no início da tarde. Visita do vale de METEORAS, impressionante lugar declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Teremos a possibilidade de entrar a um dos mais famosos mosteiros. Jantar incluído.

Dia 3: KALAMBAKA – DELFOS – ATHENAS

Saída rumo ao sul através de Tessália. Entre lindíssimas paisagens chegada à DELFOS. Tempo livre para almoçar e conhecer o belo conjunto arqueológico que domina o golfo de Corinto com suas espetaculares paisagens. Continuaremos a viagem até ATENAS, onde chegaremos à tarde. Visita panorâmica de Atenas, incluindo: a cidade moderna, o estádio Panathinaikos, o Palácio Real, e a zona de PLAKA, lugar repleto de pequenas tabernas gregas onde você poderá desfrutar também do rico folclore deste país.

Dia 4: ATHENAS

Dia livre. Poderão aproveitar do encanto desta cidade. Tempo livre para passear e descobrir lugares para recordar.

Dia 5: ATHENAS – MYKONOS

Após o café da manha, traslado ao Porto do Pireu. 11 hrs.- Saída de Pireu. Belas paisagens marítimas. 18 hrs.- Chegada prevista a MYKONOS. Tempo na ilha dos moinhos de vento, com casebres junto ao mar. -23 hrs.- Saída de Mykonos. Noite a bordo.

Dia 6: MYKONOS – KUSADASI – PATMOS

07.00 hrs.- Kusadasi -Chegada na costa Turca. Poderá fazer compras em seus bazares ou adquirir a excursao para ver a antiga Éfeso.- 12.00hrs.- Kusadasi -saida rumo a Patmos-. 16.00hrs.- Patmos -Chegada-. A ilha onde o apóstolo São João escreveu o Apocalipse, você poderá conhecer a caverna onde ele morou, próxima ao Mosteiro do Apocalipse. 21.00 hrs.- Patmos -saída-. Noite a bordo.

Dia 7: CRETA – SANTORINI – ATHENAS

07.00 Hrs.- Heraklion.- Chegada a capital da ilha grega de Creta junto aos restos arqueológicos de Cnosos. 11.30 Hrs.- Saída. 16.30 Hrs.- Santorini, uma das mais impressionantes ilhas do Mediterrâneo com seus abismos e vistas sobre o mar. Às 21.00 hrs o navio volta a navegar. Noite com festa a bordo.

Dia 8: ATHENAS

07.00 hrs.- Atenas-Pireu Desembarque no início da manhã no Porto e fim dos nossos serviços. Nota: Caso solicitem noites extras em Atenas, o traslado do Porto ao hotel não está incluso e será faturado.

Pacote 9 dias incluindo : Aéreo + Roteiro completo +  Hotel com café da manhã + Taxas de embarques

Valor Casal  – R$ 13.900,00 ( os preços variam porque dá para montar a sua viagem personalizada!)

E aí, gostaram? Em breve vou colocar outras opções para vocês, tá?  Quem animou de ir para a Grécia comigo? Bora pessoal!!! Vamos movimentar a economia do país e ainda curtir cada minuto de nossas viagens 😉 Bjs (diretamente de Mykonos!)!

casamento em Santorini